0
Logo do Blog Sala de TV
Foto: iStock

Blog Sala de TV

Vazamento de conversas da Lava Jato reforça o poder da Globo

Supostos diálogos mostram preocupação em usar a influência da emissora para divulgar informações

16 jun 2019
15h49
  • separator
  • 127
  • comentários

Caso uma apuração oficial confirme a autenticidade das mensagens de Telegram entre membros da força-tarefa da Lava Jato, divulgadas a conta-gotas pelo site The Intercept Brasil, ficará comprovado também a importância da Globo na repercussão das decisões dos procuradores.

Um dos trechos repercutidos na mídia mostra a intenção de fazer a assessoria de imprensa do Ministério Público Federal acionar uma equipe de jornalismo do canal para rebater a defesa do ex-presidente Lula.

Os âncoras Renata Vasconcellos e William Bonner: todo mundo quer dar sua versão dos fatos no Jornal Nacional
Os âncoras Renata Vasconcellos e William Bonner: todo mundo quer dar sua versão dos fatos no Jornal Nacional
Foto: Reprodução / Facebook

Em outra conversa, sugere-se que determinada posição do Ministério Público Federal (MPF) em contraponto aos advogados de Lula seja divulgada a tempo de ganhar destaque na edição do Jornal Nacional do dia seguinte.

Essas citações ressaltam o poder de influência do telejornalismo da Globo. Principal telejornal da emissora, o JN pode atrair, em uma única noite, cerca de 6 milhões de pessoas diante da TV somente na Grande São Paulo, principal área de aferição de audiência do Ibope.

Apesar da expansão de portais e das redes sociais, a televisão ainda é o mais abrangente e impactante veículo a quem deseja atingir o maior número possível de pessoas – informações exclusivas exibidas na TV pautam os mais relevantes sites, blogs, jornais, revistas e rádios do País.

“Hoje você tem toda essa rapidez nas mídias sociais, mas ela está sujeita à desinformação. Não é tão confiável. O impacto quando sai (uma notícia) no Jornal Nacional é muito maior do que nas mídias sociais”, disse o veterano jornalista Lucas Mendes no Manhattan Connection, da GloboNews, em 2016.

Nos telejornais de sábado (15), a Globo divulgou nota oficial para rebater qualquer dúvida a respeito de imparcialidade e isenção na cobertura da Lava Jato.

A emissora faz o possível para não ser envolvida no vazamento que atinge diretamente o ex-juiz e atual ministro Sergio Moro e o coordenador da operação Deltan Dallagnol.

Veja também

 

Sala de TV Blog Sala de TV - Todo o conteúdo (textos, ilustrações, áudios, fotos, gráficos, arquivos etc.) deste blog é de responsabilidade do blogueiro que o assina. A responsabilidade por todos os conteúdos aqui publicados, bem como pela obtenção de todas as autorizações e licenças necessárias, é exclusiva do blogueiro. Qualquer dúvida ou reclamação, favor contatá-lo diretamente no e-mail beniciojeff@gmail.com.
  • separator
  • 127
  • comentários
publicidade