PUBLICIDADE

Neymar atingido por cinco polêmicas com péssima repercussão

Jogador vira alvo de manchetes ruins após período de calmaria longe dos holofotes

9 jun 2020 11h09
| atualizado às 11h09
ver comentários
Publicidade

Neymar está decidido a voltar para o Barcelona. "Sim ou sim", disse ele a amigos, de acordo com o jornal Mundo Deportivo. Um catalão, ao tomar conhecimento dos quiproquós em torno do atacante no Brasil, reagiria com um sono "Mare Meva!" para expressar espanto. Após um período de relativa tranquilidade, longe da imprensa, o 'menino Ney' voltou a suscitar polêmicas.

Neymar entre Tiago Ramos, Ana Thaís Matos, Flay, Najila Trindade e Felipe Neto: o jogador é um ímã para controvérsias e uma máquina de notícias
Neymar entre Tiago Ramos, Ana Thaís Matos, Flay, Najila Trindade e Felipe Neto: o jogador é um ímã para controvérsias e uma máquina de notícias
Foto: Fotos: Reproduções / Instagram / Fotomontagem: Blog Sala de TV

A balbúrdia mais recente resulta do áudio vazado de uma plataforma de games. O jogador conversava com 'parças' a respeito da briga ruidosa entre sua mãe, Nadine Gonçalves, e o namorado dela, Tiago Ramos. Neymar chama o rapaz de "viadinho" que "dá o c* do c***lho". Amigos do craque sugerem agredir Tiago. "Vamos matar, enfiar um cabo de vassoura no c* dele", diz um participante da comunicação em grupo. "Matar, não, só tirar uma onda", intervém outro.

Depois da repercussão bombástica na mídia e nas redes sociais, o ativista LGBT+ Agripino Magalhães e seu advogado, Angelo Carbone, protocolaram no Ministério Público de São Paulo um pedido de apuração e abertura de inquérito baseado em crimes de homofobia, incitação ao ódio e ameaça de morte. O militante informa que pedirá indenização de 2 milhões de reais. O dinheiro seria revertido a uma ONG de acolhimento a gays, lésbicas, transexuais e travestis em situação de risco e vulnerabilidade social.

Quando Tiago e Nadine assumiram o relacionamento em post no Instagram, Neymar manifestou apoio ao casal. "Seja feliz, mamãe. Te amo”, escreveu o atleta. Ex-jogador de futebol, Tiago era um fã que virou amigo de Neymar. Foi na convivência com ele que conheceu Nadine. O namoro iniciado em abril virou caso de polícia na semana passada. Um desentendimento terminou com o rapaz ferido e ensanguentado. Seu braço direito levou vários pontos. O corte profundo seria consequência de um soco numa parede de vidro do apartamento de Nadine, em Santos. Na sexta-feira (5), ambos prestaram depoimento à polícia a respeito do incidente doméstico na cidade do litoral paulista.

Dias antes desse rebuliço familiar, o astro do Paris Saint-Germain havia sido sugado por outra controvérsia. O youtuber Felipe Neto usou o Twitter para contestar o silêncio de Neymar em relação aos protestos antirracistas motivados pela morte brutal do segurança negro George Floyd pelo policial branco Derek Chauvin em Minneapolis, nos Estados Unidos. "Vidas negras importam. Mas nem todo mundo se importa", registrou o influenciador, destacando prints de posts do jogador a respeito de assuntos pitorescos, aparentemente alheio à onda antirracismo.

A cobrança pública gerou repercussão instantânea contra e a favor de Neymar. Muitas pessoas aproveitaram a deixa para criticar a falta de engajamento do atacante com a causa negra. Chegaram a resgatar uma entrevista concedida por ele ao Estadão, aos 18 anos, em 2010. Na ocasião, foi questionado se já havia sido vítima de racismo. "Nunca. Nem dentro e nem fora de campo. Até porque eu não sou preto, né?", respondeu.

A ficha de Neymar em relação à sua negritude caiu a partir de 2014, quando se tornou alvo de manifestações racistas em jogos do campeonato espanhol. Anos atrás, em discurso no Escritório das Nações Unidas em Genebra, na Suíça, ele refutou a ação de supremacistas brancos americanos. "Somos todos iguais, não importa a cor. Deus nos criou iguais”, disse à plateia.

Alertado por integrantes do Movimento Negro de que um branco não tem o direito de exigir militância de um negro, Felipe Neto apagou o post. Pouco depois, Neymar aderiu à postagem padrão do movimento #BlackLivesMatter (Vidas Negras Importam). A imagem do quadrado preto no perfil do camisa 10 da Seleção teve 1,5 milhão de likes.

Episódio ocorrido em maio também associou o nome do jogador a um embaraço social. Na internet, a ex-BBB20 Flay revelou ter 'ficado' com Neymar. Ele negou com deboche. "Rir para não chorar", comentou. Sentindo-se "desmerecida", a cantora reagiu com veemência para reafirmar ter mantido contato íntimo com o ídolo dos gramados. "Se ficou, não vem dar uma de gostosão para cima de mim não, meu amor, que eu não fico calada", avisou Flay em uma 'live'. "Vou passar por mentirosa só porque tu é o Neymar e eu não sou ninguém? Agora eu tô com vergonha de ter ficado contigo."

Na rasteira desse alvoroço que gerou reprovação a Neymar, a modelo Najila Trindade ressurgiu para assombrar o atacante, a quem acusou de estupro um ano atrás, após encontro em um hotel de Paris — a Justiça arquivou a denúncia dois meses depois. Ao comentar a revolta de Flay, Najila deu uma canelada em seu ex-crush. "É normal para certas pessoas fazer certas coisas e depois não assumir, ser covarde e negar. Se nega algo tão simples, imagine o resto. Ninguém se orgulha de ter ficado com você pinscher!", escreveu em uma rede social. Pinscher é uma raça canina de pequeno porte famosa pela braveza desproporcional à estatura.

Houve um quinto ataque recente à imagem de Neymar. A comentarista Ana Thaís Matos, do SporTV, se indignou com imagens do jogador curtindo o isolamento imposto pela pandemia de covid-19 na companhia de amigos em uma casa à beira-mar, supostamente alheio à tragédia com milhares de infectados e mortos. "A gente espera um certo comportamento dele que, até agora, ele já demonstrou que não está a fim de entregar", analisou a jornalista no programa Troca de Passes. "O Neymar... me parece muito alienado em relação ao que vem acontecendo."

Pouco depois dessa crítica contundente, o SBT noticiou que o jogador doou 5 milhões de reais para o UNICEF (Fundo das Nações Unidas para a Infância) e a um fundo de solidariedade a vítimas do novo coronavírus fundado pelo apresentador Luciano Huck. Em seguida, Neymar participou de uma iniciativa online das Nações Unidas, junto com outros esportistas famosos, em homenagem aos profissionais de saúde que estão na linha de frente do combate à pandemia.

E assim, de polêmica em polêmica, de manchete em manchete, Neymar Jr. ganha cada vez mais visibilidade, admiradores e antagonistas. Um personagem relevante para a imprensa esportiva, assim como aos veículos sobre celebridades. Para qual time vai? Com qual mulher se encontrou? O que aprontou com os 'parças'? Qual gafe cometeu? Quanto mais rico ficou? O mundo todo quer saber e não tira os olhos dele.

Sala de TV Blog Sala de TV - Todo o conteúdo (textos, ilustrações, áudios, fotos, gráficos, arquivos etc.) deste blog é de responsabilidade do blogueiro que o assina. A responsabilidade por todos os conteúdos aqui publicados, bem como pela obtenção de todas as autorizações e licenças necessárias, é exclusiva do blogueiro. Qualquer dúvida ou reclamação, favor contatá-lo diretamente no e-mail beniciojeff@gmail.com.
Publicidade
Publicidade