1 evento ao vivo

Huck diz que povo o quer presidente: "é convocação nacional"

Apresentador revelou a Amaury Jr. o temor de que sua geração não deixe legado algum ao Brasil

1 set 2018
15h27
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator
Luciano Huck quer despertar o interesse dos jovens pela política
Luciano Huck quer despertar o interesse dos jovens pela política
Foto: Marcelo Justo/TV Globo / Divulgação

Apesar de ter desistido de se lançar candidato à Presidência da República este ano, Luciano Huck sinaliza a possibilidade de disputar o mais poderoso cargo público do País na próxima eleição, em 2022.

Em entrevista ao programa de Amaury Jr., que será exibida esta noite, o apresentador do ‘Caldeirão’ disse que a ideia de ser presidente não se trata de mera ambição: “Não é um projeto pessoal, é uma convocação nacional. Eu acho que daqui a 20 anos o legado da minha geração não pode ser nenhum. A gente não pode deixar o País desigual como ele está, ineficiente, e com esse abismo social que temos hoje”.

Huck, de 46 anos, afirma se sentir responsável por mudar a política brasileira: “o que eu estou tentando fazer é mobilizar minha geração para que a gente se aproxime da política. O único jeito de fato de fazer o País mais justo e menos desigual é através do governo. E, por isso, vamos ter que colocar gente bacana lá”.

Quando ainda cogitava ser candidato este ano, o artista e empresário, que financia vários projetos sociais a jovens carentes, foi atacado por prováveis adversários políticos em razão de ter nascido em família de classe média alta e fazer parte da elite brasileira. 

Na conversa com Amaury Jr., Huck afirmou conhecer a realidade do País e sente que tem a confiança popular: “as pessoas me ouvem por esses 20 anos de TV, e eu rodo esse Brasil todo”.

O programa irá ao ar na Band a partir das 23h40.

Veja também:

Quem é esse tal de Ken Humano?
Fonte: Especial para Terra
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade