0

Grazi relembra ‘vodu’ feito contra ela por alguém da Globo

A atriz sofreu com a desconfiança e o desprezo de colegas de emissora até provar seu talento dramático

12 out 2019
16h01
atualizado às 16h15
  • separator
  • 0
  • comentários

Em 2013, após um longo dia de gravações de Flor do Caribe nos Estúdios Globo, Grazi Massafera entrou no carro para ir embora quando levou um choque: havia uma espécie de boneca de vodu sentada na cadeirinha no banco de trás, usada para acomodar a filha dela, Sofia, com 1 ano na época.

Grazi Massafera em cena fantasiosa de Bom Sucesso: a ex-BBB se transformou em atriz respeitada
Grazi Massafera em cena fantasiosa de Bom Sucesso: a ex-BBB se transformou em atriz respeitada
Foto: Estevam Avellar/TV Globo / Divulgação

“Colocaram uma boneca pintada com esmalte vermelho no pescoço, no pé, toda estragada”, contou a artista à revista Cláudia. “Era para me assustar mesmo.”

Ela se assustou, mas não desistiu de seguir em frente com o projeto de se tornar uma atriz consistente. 

Hoje, Grazi tem o respeito da classe artística e da imprensa – os atores e jornalistas que a depreciavam pelas costas agora se calam diante de seu crescimento profissional.

Grazi diz ter sofrido ao ser explicitamente rejeitada em seu início na Globo. Serena, compreende a resistência à sua presença em produções de destaque da teledramaturgia.

“Eu não era atriz, não tinha nenhum curso na área e vinha do BBB. O que parecia que eu queria? Glamour, fama e dinheiro. Pensam que todo mundo que entra nessa profissão quer isso. Mas é mentira”, explica.

Aquela Grazi insegura que estreou em novelas como a Thelminha em Páginas da Vida (2006) não existe mais. Deu lugar a uma atriz segura e com formação sólida, inclusive com cursos no exterior.

O que se mantém igual é o carisma. Uma qualidade que não se aprende em nenhuma escola de interpretação. Grazi humaniza suas personagens e estimula o telespectador a experimentar as emoções sugeridas no roteiro.

No momento, a atriz exibe o talento amadurecido em Bom Sucesso, na faixa das 19h. A costureira Paloma é sua criação mais sensível em 13 anos de carreira.

Uma mulher dividida entre a dura realidade da vida e a fantasia das histórias dos livros. Uma personagem poética que parece, ela própria, saída de um conto de fadas.

A vida de Grazi, aliás, tem todos os ingredientes de uma história de princesa: o início doloroso, a ação de ‘inimigos’, o espinhoso processo de superação e, enfim, a conquista da felicidade. O vodu falhou. Ainda bem.

Reveja também:

 

Sala de TV Blog Sala de TV - Todo o conteúdo (textos, ilustrações, áudios, fotos, gráficos, arquivos etc.) deste blog é de responsabilidade do blogueiro que o assina. A responsabilidade por todos os conteúdos aqui publicados, bem como pela obtenção de todas as autorizações e licenças necessárias, é exclusiva do blogueiro. Qualquer dúvida ou reclamação, favor contatá-lo diretamente no e-mail beniciojeff@gmail.com.
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade