1 evento ao vivo

Filho revela sinais que prenunciaram suicídio de galã da TV

João Francisco passou a se dedicar à causa da saúde mental após a morte trágica de seu pai Pedro Lima

10 jan 2021
09h53
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator

Em junho de 2020, a morte de Pedro Lima repercutiu internacionalmente. Até quem não conhecia o trabalho do ator se surpreendeu com sua decisão de dar fim à própria vida. O corpo do artista moçambicano radicado em Lisboa foi encontrado junto às pedras de uma praia de Cascais. A perícia concluiu que ele se golpeou no pescoço e no abdômen e depois se jogou ao mar. Tinha 49 anos e duas décadas de carreira na TV portuguesa. Deixou mulher e cinco filhos.

Depois da tragédia, parentes, amigos e fãs quiseram entender sua motivação ao suicídio. Descobriu-se que o veterano enfrentava em silêncio forte depressão. A redução de seu salário por conta da pandemia de covid-19 o deixou inseguro em relação ao sustento da família. Manifestou temor pelo futuro profissional e a falta de perspectivas.

Publicamente e até entre pessoas próximas, Pedro Lima não demonstrava estar em crise pessoal. Vivia sorridente nos estúdios do canal TVI, dava entrevistas com entusiasmo, acompanhava entusiasmado a construção de uma nova casa, surfava sempre que possível. Contudo, a aparente felicidade era mero disfarce para os sentimentos sombrios que o perturbavam. Apesar do tratamento psiquiátrico, sucumbiu.

Alguns meses depois de sua morte, o filho mais velho, João Francisco, decidiu contrapor o luto com trabalho social. Tornou-se divulgador de campanhas de prevenção ao suicídio e de incentivo aos cuidados com a saúde mental. No início de janeiro, o estudante de 21 anos apareceu pela primeira vez diante das câmeras de um programa de TV, na SIC, emissora parceira da Globo em Portugal.

João Francisco ao lado do pai, Pedro Lima: “A única coisa que eu posso fazer é aprender com a situação que aconteceu e tentar reagir da melhor forma possível”
João Francisco ao lado do pai, Pedro Lima: “A única coisa que eu posso fazer é aprender com a situação que aconteceu e tentar reagir da melhor forma possível”
Foto: Reprodução

“É um choque, é um drama muito forte. Se eu estou bem? Não estou, como é óbvio. E sinto-me bem em não estar”, disse à apresentadora Júlia Pinheiro. “Tenho um sentimento de falta muito grande.” O rapaz relatou o comportamento do pai às vésperas do suicídio. “Ele partilhava comigo. Dizia que se sentia triste, que estava preocupado, desanimado.”

Os sinais não foram suficientemente explícitos a ponto de alertar a família e os amigos. Todos foram surpreendidos com o ato radical de Pedro Lima. Superado o impacto inicial, João Francisco retoma a vida com o suporte de psicoterapia. “Faço questão de, quando estou com as pessoas à minha volta, dizer que tenho consulta com a psicóloga. Faço questão de verbalizar esta ação, no sentido de a normalizar.”

Pedro Lima em família no aniversário de 49 anos, dois meses antes de morrer: sofrimento emocional mantido em sigilo
Pedro Lima em família no aniversário de 49 anos, dois meses antes de morrer: sofrimento emocional mantido em sigilo
Foto: Reprodução

No Brasil, 75% dos casos de suicídio são de homens. Na maioria das vezes, a cultura do machismo dificulta um pedido de socorro. O CVV (Centro de Valorização da Vida) oferece apoio emocional e prevenção do suicídio. Atende voluntária e gratuitamente todas as pessoas que querem e precisam conversar, sob total sigilo. Ligação gratuita pelo 188. Unidades do SUS orientam a respeito de tratamento da saúde mental.

Pedro Lima nunca trabalhou no Brasil, mas era admirador da teledramaturgia feita aqui e cultivava amizade com atores brasileiros. Em uma rede social, tinha fotos ao lado de alguns — Rodrigo Santoro, Camila Pitanga e Mariana Ximenes entre eles. Na última entrevista, feita uma semana antes de morrer, o ator disse que não buscava uma “vida perfeita” e sim uma “vida normal e feliz”. Afirmou ainda ser um homem comum, com falhas. “Não quero nem tento ser um exemplo para ninguém.”


 

Veja também:

Curta ‘Carne’ é nova aposta do Brasil para o Oscar
Sala de TV Blog Sala de TV - Todo o conteúdo (textos, ilustrações, áudios, fotos, gráficos, arquivos etc.) deste blog é de responsabilidade do blogueiro que o assina. A responsabilidade por todos os conteúdos aqui publicados, bem como pela obtenção de todas as autorizações e licenças necessárias, é exclusiva do blogueiro. Qualquer dúvida ou reclamação, favor contatá-lo diretamente no e-mail beniciojeff@gmail.com.
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade