6 eventos ao vivo

Algumas novelas da Globo não superam antecessoras no Ibope

‘Celebridade’, ‘Tempo de Amar’ e ‘Deus Salve o Rei’ têm menos audiência do que o esperado

17 mar 2018
21h29
  • separator
  • 0
  • comentários

‘O Outro Lado do Paraíso’ é um fenômeno de público. Já superou a bem-sucedida ‘A Força do Querer’: está com 37 pontos de média, um a mais do que a trama anterior. Outras novelas da Globo não apresentam a mesma façanha no Ibope. Apesar de atingirem índices positivos, não conseguiram repetir o sucesso numérico das antecessoras.

O rei Rodolfo (Johnny Massaro) e a rainha Lucrécia (Tatá Werneck) de ‘Deus Salve o Rei’: trama medieval ainda não despertou o mesmo interesse do suspense policial ‘Pega Pega’
O rei Rodolfo (Johnny Massaro) e a rainha Lucrécia (Tatá Werneck) de ‘Deus Salve o Rei’: trama medieval ainda não despertou o mesmo interesse do suspense policial ‘Pega Pega’
Foto: Ramón Vasconcellos/TV Globo / Divulgação

No ar desde dezembro de 2017, a reprise de ‘Celebridade’ no ‘Vale a Pena Ver de Novo’ registra média de 14 pontos. Quatro pontos atrás de ‘Senhora do Destino’.

Os primeiros capítulos de ‘Malhação – Vidas Brasileiras’ não geraram o mesmo impacto de ‘Malhação – Viva a Diferença’. A nova temporada marcou 17 pontos de média nos primeiros seis episódios, ante os 19 da temporada passada no mesmo período.

Na faixa das 18h30, ‘Tempo de Amar’ é um primor dramatúrgico, porém sem repetir o público de ‘Novo Mundo’. O placar marca 23 a 24 pontos. Há dez semanas no ar, ‘Deus Salve o Rei’ está com média de 25 pontos, enquanto ‘Pega Pega’ conseguiu 28 com o mesmo tempo de exibição. A regressão no Ibope gera preocupação no núcleo de teledramaturgia da Globo, mas não chega a provocar alarde.

Nenhuma dessas produções com público menor pode ser considerada um fracasso. Apenas não conseguiram, até o momento, repetir o resultado das novelas anteriores.

Tradicionalmente, o horário de verão e as férias de início de ano ocasionam queda no número de TVs ligadas e a consequente perda de telespectadores. No geral, a emissora da família Marinho vive boa fase no Ibope. O desempenho de sua ficção e do telejornalismo ampliaram a vantagem em relação às concorrentes.

A Globo está cada vez mais líder no ranking de audiência, enquanto Record e SBT estão estagnados e sem demonstrar força suficiente para reagir. 
O crescimento da oferta de conteúdo dos canais pagos e dos serviços de streaming, como a Netflix, também não afetaram significativamente a Globo.

 

Fonte: Especial para Terra
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade