PUBLICIDADE

Além de Loki, conheça personagens LGBTQIA+ em filmes e séries do universo nerd

Apesar deles ainda serem poucos, esses personagens estão abrindo caminho para a diversidade dentro da comunidade geek

25 mai 2022 06h10
| atualizado às 17h24
ver comentários
Publicidade
Loki, do universo Marvel, e Robin, de 'Stranger Things', estão entre os personagens de séries e filmes geeks que fazem parte da comunidade LGBTQIA+
Loki, do universo Marvel, e Robin, de 'Stranger Things', estão entre os personagens de séries e filmes geeks que fazem parte da comunidade LGBTQIA+
Foto: Marvel Studios e Netflix

A série Loki, lançada em julho de 2021, marcou a primeira vez que um personagem da Marvel Studios se assumiu como parte da comunidade LGBTQIA+. No terceiro episódio da trama, o "Deus da Trapaça" revelou que que é bissexual.

Apesar de a orientação sexual de Loki já ser conhecida nos quadrinhos - assim como a de outros heróis e vilões das HQs que fazem parte da comunidade - em filmes e séries esses personagens ainda são raros.

De acordo com uma pesquisa da Aliança Gay e Lésbica Contra Difamação (GLAAD) realizada entre 2021 e 2022, apenas 11,9% dos personagens das séries dos principais canais de televisão americanos eram LGBT. Apesar de não haver dados concretos, essa margem se reduz quando falamos de produções dentro do universo nerd.

Assim como Loki, outros personagens estão abrindo caminho para que isso mude e a representatividade e a diversidade cresçam dentro do mundo geek. Conheça alguns deles:

Mulher-Gato (Batman)

Zoë Kravitz e Robert Pattinson em cena de 'Batman'. A atriz interpreta a Mulher-Gato no filme
Zoë Kravitz e Robert Pattinson em cena de 'Batman'. A atriz interpreta a Mulher-Gato no filme
Foto: Warner Bros.

A orientação sexual de Selina Kyle, a Mulher-Gato, já era conhecida pelos fãs dos quadrinhos da DC. Zoë Kravitz, que interpreta a personagem em Batman, confirmou que a personagem também é bissexual no mais recente longa do homem-morcego

De acordo com ela e com o diretor Matt Reeves, a Mulher-Gato do filme já teve um relacionamento íntimo com a personagem Anika. "Eu concordo que já tinha passado da hora desse aspecto da personagem ser explorado", disse Zoë.

Dumbledore (Harry Potter)

Jude Law como Alvo Dumbledore no filme 'Animais Fantásticos: Os Segredos de Grindelwald
Jude Law como Alvo Dumbledore no filme 'Animais Fantásticos: Os Segredos de Grindelwald
Foto: Warner Bros.

A informação de que Alvo Dumbledore é gay foi revelada pela primeira vez em 2007 por J.K Rowling, autora dos livros de Harry Potter. Mais recentemente, a sua sexualidade passou a ser explorada na franquia Animais Fantásticos, prequel da saga.

Em Animais Fantásticos: Os Segredos de Dumbledore, o professor de Hogwarts precisa quebrar um pacto que fez com o bruxo das trevas Gellert Grindelwald, por quem era apaixonado.

Robin (Stranger Things)

Maya Hawke como Robin em cena da terceira temporada de 'Stranger Things'
Maya Hawke como Robin em cena da terceira temporada de 'Stranger Things'
Foto: Netflix

Robin foi apresentada ao público na terceira temporada de Stranger Things trabalhando ao lado de Steve. O fato de que ela é lésbica é revelado quando ele se declara para ela e a personagem explica que, na verdade, gosta de meninas.

Em entrevista ao The Wall Street Journal, Maya Hawke, atriz que interpreta a personagem, revelou que a história originalmente colocaria os dois como um casal, mas que, em meio às filmagens, perceberam Robin ser lésbica seria a melhor decisão a ser tomada.

Phastos (Eternos)

Brian Tyree Henry como Phastos em cena do filme 'Eternos'
Brian Tyree Henry como Phastos em cena do filme 'Eternos'
Foto: Disney

Meses após a revelação de Loki, a Marvel lançou seu primeiro filme com um super-herói gay. Em Eternos, Phastos é um dos seres imortais que protegem a terra dos Deviantes. No entanto, enquanto a equipe ficava nas escuras, ele construiu sua vida como mortal com o marido e o filho.

Durante a premiére do filme, Kevin Feige, presidente da Marvel Studios, disse à revista Variety que "é só o começo" de terem personagens gays nos filmes da empresa. "Existem heróis gays nos quadrinhos. Já passou do tempo de os termos nos filmes", afirmou.

Batwoman (Batwoman)

Javicia Leslie caracterizada como Ryan Wilder, a 'Batwoman', a partir da segunda temporada da série
Javicia Leslie caracterizada como Ryan Wilder, a 'Batwoman', a partir da segunda temporada da série
Foto: CW

A série Batwoman, do universo da DC, foi cancelada no mês de abril depois de três temporadas, mas foi a primeira produção do Arrowverse com uma protagonista lésbica.

Após a troca de atrizes para o papel principal, com a saída de Ruby Rose para a entrada de Javicia Leslie, a personagem também passou a ser a primeira mulher negra a usar o traje de morcego.

Loras e Renly (Game Of Thrones)

Finn Jones e Gethin Anthony como Loras e Renly em cena da primeira temporada de 'Game Of Thrones'
Finn Jones e Gethin Anthony como Loras e Renly em cena da primeira temporada de 'Game Of Thrones'
Foto: Youtube/MissJuliet

Apesar do relacionamento entre Loras e Renly não ser explícito nos livros de Guerra dos Tronos, o seriado que adaptou a saga deixou bem clara a relação entre os dois nas primeiras duas temporadas.

Interpretados por Finn Jones e Gethin Anthony, o relacionamento deles passa por dificuldades, já que, na segunda temporada da série, Renly acaba casando com a irmã de Loras por razões políticas.

Klaus e Viktor (The Umbrella Academy)

Robert Sheehan como Klaus e Elliot Page como Viktor em cenas de 'The Umbrella Academy'.
Robert Sheehan como Klaus e Elliot Page como Viktor em cenas de 'The Umbrella Academy'.
Foto: Netflix

Em The Umbrella Academy, a jornada de Klaus está muito ligado a sua paixão por um soldado que conheceu no Vietnã, mas o personagem também se relaciona com mulheres.

A orientação sexual dele nunca foi dita explicitamente no programa, mas Robert Sheehan, intérprete de Klaus, descreveu o personagem como pansexual em entrevista ao site Digital Spy. Isso significa que ele é atraído pelas pessoas independente do gênero.

Além disso, a Netflix anunciou Vanya passará pela transição de gênero e será um homem trans, assim como o ator Elliot Page, que dá vida à personagem. Os fãs saberão mais sobre Viktor Hargreeves quando a nova temporada da série chegar à Netflix. A estreia está marcada para o dia 22 de junho.

*Estagiária sob supervisão de Charlise Morais

Estadão
Publicidade
Publicidade