2 eventos ao vivo

Madelaine Petsch quase pintou o cabelo de castanho e não gostava dos seus fios ruivos

Quantas vezes a gente não escutou as pessoas admirando o cabelo ruivo de alguém? A condição é bem rara, mas não agrada todo mundo: Madelaine Petsch mesmo, a Cheryl de "Riverdale", não gostava de suas madeixas naturais e quase pintou de castanho! E, acredite, foi a personagem quem a fez mudar de ideia. Não dá nem para imaginá-la com outro cabelo, né?

10 out 2019
15h20
  • separator
  • 0
  • comentários

A grande marca de Cheryl em "Riverdale", além do seu jeitão meio arrogante e, claro, sua popularidade e estilo, é o seu longo cabelo ruivo! Mas vocês sabiam que Madelaine Petsch não gostava nadinha de suas madeixas naturais? Pois é, a atriz disse que quase as pintou de castanho e só mudou de ideia após o pedido da mãe!

"Minha mãe ficou, tipo: 'Por favor, não faça isso'", disse em entrevista à Seventeen. Segundo a atriz, sua relação com o cabelo melhorou depois que entrou em "Riverdale". "Acho que Cheryl me ajudou a amar meu cabelo ruivo", disse. Fofa!!! Madelaine ainda explica que não gostava muito do cabelo natural, mas as coisas mudaram definitivamente: "Finalmente, eu e meu cabelo temos um ótimo relacionamento. Quando os fãs me dizem que estão sofrendo por algo, eu faço questão de lembrar que são suas individualidades que os tornam únicos. Quando você envelhece, é aquilo que vai fazer você se destaca", finaliza.

A atriz sofreu bullying por causa do cabelo

Madelaine já sofreu muito bullying na época do colégio, quando chegou aos Estados Unidos. "Eu era uma pequena criança com sotaque sul-africano e cabelo vermelho, a criança mais estranha nessa pequena cidades em Washington. Eu era a única pessoa que era de outro lugar, então eu acho que eles não entendiam isso... Diziam que eu era uma esquisitona ou que eu não pertencia ali. O mais difícil era quando as pessoas diziam que eu não pertencia àquele lugar", disse em entrevista à Stylecaster. Os pais da atriz são da África do Sul.

Segundo ela, o maior alvo do bullying era o seu cabelo, sendo chamado por apelidos pejorativos: "Realmente, me afetou no começo porque eu era apenas uma criança, especialmente durante a sexta série, que foi quando eu sofria bullying sem misericórdia, e eu nunca realmente entendi o porquê". Seu papel em "Riverdale" foi importante para uma mudança de pensamento. "Depois de interpretar Cheryl, eu percebi que o bullying não vem de nada além de inseguranças consigo mesmo. As pessoas que estão te fazendo bullying são inseguras sobre quem elas são e é por isso que estão fazendo isso com você. Elas querem desesperadamente serem amadas e aceitas, e saem de seus caminhos para fazerem as outras sentirem-se não aceitas, então elas não estarão sozinhas", opinou. Mas é uma maravilhosa mesmo! <3

PureBreak
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade