4 eventos ao vivo

A Delegacia de Crimes Raciais está apurando os casos de racismo e intolerância religiosa no "BBB19"

Parece que as conversas dos participantes do "BBB19" estão prestes a se tornar caso de polícia. Pois é, quem anda acompanhando o reality já sabe que existe uma galera bem preconceituosa dentro da casa. Mas, o que antes era apontado como ignorância, já está se mostrando intolerância. E aí, o que será que vai acontecer?

11 fev 2019
13h14
  • separator
  • 0
  • comentários

Se você está acompanhando o "BBB19", já deve ter percebido o quanto a competição está meio morna. Apesar de Diego falar sobre o jogo 24h por dia, ele é o único. O resto da casa gosta de conversar sobre a vida e também debater alguns assuntos "polêmicos". Gabi e Rodrigo falam bastante sobre racismo, mas algumas pessoas acreditam que isso é o famoso mimimi, como é o caso de Paula. No entanto, a Delegacia de Crimes Raciais e Delitos de Intolerância (Decradi) abriu um inquérito para apurar casos de racismo e intolerância religiosa dento do "BBB19".

Do "BBB19": Delegacia abre inquérito para investigar casos de racismo e intolerância religiosa
Do "BBB19": Delegacia abre inquérito para investigar casos de racismo e intolerância religiosa
Foto: Reprodução / PureBreak

Paula já expôs seus racismo de diversas formas dentro da casa mais vigiada do Brasil e todas as declarações repercutem muito, principalmente na internet. Certa vez, a mineira contou uma história que a deixou bastante surpresa - e nós também, no fim das contas. A loira contou sobre o caso de um rapaz que havia esfaqueado a esposa várias vezes. Para a surpresa da bacharel em Direito, o rapaz não era "favelado" e sim um cara branco, que já havia feito até intercâmbio. Puxado, né?

Quem também deu o que falar recentemente foi Maycon. O rapaz já possui atitudes bastante imaturas e parece não ter muito conhecimento sobre a vida. Na última festa que rolou no "BBB19", ele ficou observando Rodrigo e Gabriela enquanto tocava "Identidade", de Jorge Aragão. Depois disso, o mineiro contou para Diego que sentiu algumas coisas estranhas. "Começou a tocar umas músicas esquisitas. Eu olhei para os dois e eles estavam com um sincronismo legal. Achei legal, juro por Deus, mas aí de repente eu comecei a olhar e comecei a escutar uns negócios: 'Não faça igual eles'", revelou o rapaz. Puxado, né?

Para não perder nada do que vai rolar na 19ª temporada do "Big Brother Brasil", só continuar de olho aqui no Purebreak e na Globo, todos os dias da semana, na faixa das 22h30.

PureBreak
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade