0

Príncipe Philip não será processado por acidente de carro

O acidente fez muitos britânicos questionarem se Philip ainda deveria estar dirigindo aos 97 anos de idade

14 fev 2019
11h27
atualizado às 12h20
  • separator
  • 0
  • comentários

O príncipe Philip, marido de 97 anos da rainha britânica Elizabeth, não será processado por um acidente de carro ocorrido no mês passado que feriu duas mulheres e causou a capotagem de seu Land Rover.

Príncipe Philip no Castelo de Windsor
12/10/2018 Alastair Grant/Pool via REUTERS
Príncipe Philip no Castelo de Windsor 12/10/2018 Alastair Grant/Pool via REUTERS
Foto: Reuters

Philip, duque de Edimburgo, saiu ileso da colisão do dia 17 de janeiro, que aconteceu quando ele entrava em uma rua larga e colidiu com um carro em movimento perto da residência real de Sandringham, no leste da Inglaterra.

A outra motorista, de 28 anos, sofreu cortes no joelho e uma passageira de 45 anos, que estava com um bebê de nove meses no carro, quebrou o pulso.     

O acidente fez muitos britânicos questionarem se Philip ainda deveria estar dirigindo com tal idade. Ele foi repreendido pela polícia por conduzir sem cinto de segurança meros dois dias depois da colisão, e no início deste mês devolveu a carteira de motorista voluntariamente.

"Levamos em conta todas as circunstâncias deste caso, incluindo o nível de culpabilidade, a idade do motorista e a entrega da carteira de motorista", disse a Procuradoria da Coroa em um comunicado nesta quinta-feira.

"Decidimos que não seria do interesse público processar."

Philip se retirou da vida pública em 2017, mas ocasionalmente ainda comparece a eventos oficiais com sua esposa de 92 anos.

Veja também:

 

Reuters Reuters - Esta publicação inclusive informação e dados são de propriedade intelectual de Reuters. Fica expresamente proibido seu uso ou de seu nome sem a prévia autorização de Reuters. Todos os direitos reservados.
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade