5 eventos ao vivo

Panic! At The Disco traz hit próprio e toca cover do Queen

Vocalista estava acompanhado de uma banda explosiva, mas precisou de uns minutos para acalmar a voz

3 out 2019
23h59
atualizado em 4/10/2019 às 07h51
  • separator
  • 0
  • comentários

A missão é grandiosa. Antecipar a chegada do headliner Red Hot Chilli Peppers, sendo que as bandas têm tão pouco em comum. Aliás, o que Panic! At The Disco tocava nos primeiros álbuns da banda também não é mais a mesma coisa. Mas o público e seus gritos femininos não parecem se importar. Panic! traz a voz de Urie e uma banda agressiva e estridente, muito explosiva.

Em Victorious, os gritos agudos de Urie têm efeito diverso. Don't Threaten Me With a Good Time faz derreter a plateia mais fã, mas também provoca gargalhadas e estranhamento nos demais. Em Hallelujah, o vocalista faz o sinal da cruz e lança varios gritos agudos, volta ao verso sem perder a pose. Porém, ninguem é de ferro. Ao fim de Crazy, o palco escurece por minutos até Urie retornar com os versos do hit The Ballad of Mona Lisa. Super aplaudido.

Banda se apresentou antes de Red Hot Chilli Peppers
Banda se apresentou antes de Red Hot Chilli Peppers
Foto: Dhavid Normando / Futura Press

No piano, Urie é acompanhado pelas palmas em Nine in The Afternoon. Em Girls/Girls/Boys ele louva a bissexualidade que já atraiu tanta atenção e protestos. Em uma dessas ocasiões, Urie disse que daria dinheiro para instituições de direitos LGBT por cada religioso que fosse protestar em seus shows.

Em Dancing's Is Not a Crime, Urie volta com nos agudos. "O que eu disse pra vocês? Dancem, Dancem!". Urie recompensa a plateia fiel no hit I Write Sins Not Tragedies. "Isso é selvagem", para depois falar em português. "Te amo. Obrigado, de nada." Um cover Bohemian Rhapsody quase matou a saudade de quem já viu Queen por essas bandas.

A última e mais esperada é sucesso recente do Panic! que trouxe a banda de volta às paradas. High Hopes chega menos amplificada, com o público lá no alto.

Veja também

 

Estadão
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade