1 evento ao vivo

Black Eyed Peas convida Anitta e desfila hits dos anos 2000

Grupo concentrou apresentação em sucessos do passado e participação da cantora brasileira

6 out 2019
00h20
atualizado às 07h48
  • separator
  • 0
  • comentários

O Black Eyed Peas concentrou seus hits do passado em cerca de duas horas de show na sua volta ao palco do Rock in Rio, na noite deste sábado, 5. Com 20 shows no Brasil na carreira, o grupo americano está acostumado e a plateia também: tanto que cantou em coro os principais sucessos do grupo, que fizeram a maior parte do setlist.

Embora tenha lançado um disco ano passado, buscando reencontrar suas raízes no hip hop, pouco do show no Rock in Rio remete diretamente ao gênero (embora o vocalista wil.i.am saiba rimar).

Black Eyed Peas toca no Rock in Rio
Black Eyed Peas toca no Rock in Rio
Foto: Daniel Castelo Branco/Agência O Dia / Estadão

Não, o Black Eyed Peas diante de tanta gente é o grupo que conseguiu vender mais de 75 milhões de discos com embalos que trafegam entre o dance e o pop. Permeando o show com hits como Let's Get Started e Pump It, o grupo entrega um espetáculo dançante com um ritmo de variedade que poucos conjuntos tão grandes conseguem fazer.

Como ao chamar a verdadeira estrela da noite de volta ao palco. "Eu estava falando com uma amiga que me disse se eu não tocasse essa música, o Brasil não gostaria de mim. Então eu a chamei para cantar com a gente", diz will ao apresentar Anitta. Eles cantam Don't Lie e a nova eXplosion, parceria da cantora brasileira com o grupo.

Antes de Mi Gente (uma parceria com um dos artistas mais consumidos do mundo do streaming, J Balvin), um dos MCs, taboo (de origem mexicana), diz em espanhol que apoia toda e qualquer luta indígena. Em outro momento, will dedica Where Is The Love para os povos na Amazônia.

will.i.am ainda introduziu a nova cantora do grupo, a filipina Jessica Reynoso. "Sou de uma pequena cidade das Filipinas e nunca pensei que ia cantar no Brasil para tanta gente", disse a jovem de 22 anos. Depois, o vocalista tenta jogar umas palavras em português para provocar a plateia e chama ao palco o grupo colombiano PISO 21 para o reggaeton Mami.

O vocalista principal faz um DJ set antes da segunda parte do show, que termina com uma sucessão de canções que evidenciam o caráter pop da fase mais bem sucedida da banda: depois de Where Is The Love, o pop-reggae em que Fergie brilhava, e da participação de Anitta, ainda teve espaço para I've Got a Feeling, uma das canções que fez o grupo ocupar os dois primeiros postos da parada Billboard - feito que apenas 11 artistas já alcançaram na história.

Veja também

 

Estadão
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade