PUBLICIDADE

Pedro Mariano e João Marcello Bôscoli falam da mãe Elis Regina em live

Os irmãos aparecem juntos às 19h de domingo (18) para um projeto em que contarão histórias e lembrarão de fatos entremeados à apresentação de Pedro; será o quinto episódio do projeto 'Pedro Mariano Versões'

14 abr 2021
0comentários
Publicidade

O cantor Pedro Mariano e seu irmão, o produtor João Marcello Bôscoli, em um momento raro de suas trajetórias, farão uma live neste domingo (18), às 19h, para contarem juntos histórias de suas vidas entremeadas à apresentação de Pedro. Em cena, então, estarão Pedro, João e mais o violonista e guitarrista Conrado Goys. Pedro já vem realizando uma série de lives aprovadas para uso da Lei Aldir Blanc. Até agora, foram quatro. Depois do encontro com João, haverá outra aparição no dia 25, em formato trio, com outro convidado, ainda em negociação. O Projeto Pedro Mariano Versões consiste ao todo em seis lives feitas em diferentes formatos, passando por canções de seus 25 anos de carreira. O formato voz e violão pode se tornar também trio (violão, baixo e bateria). As apresentações têm em média uma hora e vinte minutos de duração e são transmitidas gratuitamente através da página oficial do YouTube de Pedro Mariano (PedroMarianoOFICIAL).

Em 19 de janeiro de 2022, serão completados 40 anos sem Elis Regina. Do casamento com Ronaldo Bôscoli, Elis teve João Marcello. Já de seu segundo relacionamento, com o pianista Cesar Camargo Mariano, nasceram Pedro e Maria Rita. A remasterização e remixagem de Elis 1972, o álbum da cadeira, considerado um dos melhores de sua trajetória, foi realizada pelo profissional Carlos Freitas com supervisão de João e o LP acaba de ser relançado, em vinil mas também de forma digital, pela empresa Universal Music. Sobre o encontro com o irmão, Pedro diz: "Acho que os 'encontros familiares' em nossa família são eventos raros. Não é algo que planejamos, mas é assim. Quando acontece, sempre são eventos interessantes. Pelo menos para quem assiste, é algo sempre novo. Vai ser legal!"

Estadão
Publicidade
Publicidade