2 eventos ao vivo

Mimo Festival fará sua edição de 2021 em formato 100% digital

Preservando a essência de mostrar o que há de criativo mesmo fora do eixo mais pop dos festivais, evento será no final de março; coletivo francês Nouvelle Vague é um dos confirmados

5 mar 2021
18h30
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator

O Mimo Festival, um dos melhores festivais de música feitos no País por sua democratização estética na programação que realiza há 16 anos, fará uma edição completamente digital com transmissões pelo YouTube nos dias 26, 27 e 28 de março. Ainda que sem poder ser realizado fisicamente, uma perda de um projeto que se estabeleceu em apresentações feitas em igrejas e espaços históricos, ele pretende manter a essência de trazer a vanguarda da música mundial pelo formato online. Além de shows inéditos, haverá filmes, palestras e workshops transmitidos pelo canal do Mimo Festival no YouTube. Cada dia será dedicado para uma cidade prevista em seu roteiro: atrações de São Paulo se apresentam em 26 de março (sexta), do Rio será em 27 (sábado) e de Olinda em 28 de março (domingo).

Entre as presenças já confirmadas, estão a banda curitibana Tuyo e a cantora paulista Cida Moreira, lançando o álbum Um copo de veneno. A atração internacional do ano será o Nouvelle Vague, um coletivo francês liderado por Marc Collin e Olivier Libauxque que lançou seu trabalho mais recente em 2019, o álbum Curiosities. O show exclusivo para o Mimo e será transmitido direto de Paris. A curadoria e direção artística do festival é de Lu Araújo, produtora com mais de 30 anos de carreira e mais de 500 shows feitos para o projeto (incluindo Chick Corea, Philip Glass, Herbie Hancock, Pat Metheny, Buena Vista Social Club, Gotan Project, Jacob Collier, Goran Bregovic, Emir Kusturica, Egberto Gismonti, Hermeto Pascoal, Nelson Freire e Naná Vasconcelos). A direção do Mimo digital é de Jodele Larcher.

Veja também:

The Weeknd doa US$ 1 milhão em alimentos para a Etiópia
Estadão
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade