11 eventos ao vivo

Miley Cyrus e Dua Lipa cantam coladinhas em clipe de "rock" com groselha

20 nov 2020
01h49
atualizado às 01h58
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator
Foto: Divulgação/RCA / Pipoca Moderna

Miley Cyrus lançou mais um registro da sua transformação em roqueira. A música "Prisioner" é um dueto com a inglesa Dua Lipa, fortemente inspirada pelo pop rock dos anos 1980. E o clipe, dirigido pela própria Miley em parceria com a fotógrafa de moda Alana O'Herlihy, reflete o clima com imagens desbotadas de VHS, efeitos antigos de chroma key e formato de tela de TV de tubo.

As imagens registram cenas de um pequeno show e a road trip de Miley Cyrus e Dua Lipa, a bordo de um ônibus particular, para chegar ao local: cenas implícitas de rock. No climax, elas cantam bem juntinhas, coladinhas e molhadinhas, após Miley se dar um banho de groselha sabor cereja para ganhar lambidas homoeróticas.

A música fala da sensação de prisão causada pelo amor e o vídeo termina com uma dedicatória, "Em memória de todos os meus exes", só para completar, dentro de um coração de arame farpado: "Comam merd*".

E tome referência. A cena "pós-créditos" é do filme "Problemas Femininos" (1974), de John Waters, em que a falecida Divine diz a frase antológica: "Eu sou uma mulher livre agora e minha vida está pronta para começar". Divine, claro, famosamente comeu merd* no trash anterior de Waters, "Pink Flamingos" (1972).

"Prisioner" faz parte de "Plastic Hearts", sétimo álbum de estúdio de Miley Cyrus, que será lançado em uma semana - na sexta, 27 de novembro.

Veja também:

Álbuns de Taylor Swift são vendidos por mais de bilhão
Pipoca Moderna Pipoca Moderna
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade