2 eventos ao vivo

Fãs são expulsos de show de Dua Lipa por apoio à causa gay

Cantora se pronunciou sobre o assunto: "Fiquei horrorizada, adoraria voltar e ver um lugar cheio de arco-íris"

13 set 2018
12h59
atualizado às 14h44
  • separator
  • comentários

Dua Lipa se apresentou no National Exhibition and Convention Center em Xangai, na China, na última quarta-feira, 12. O que era para ser um show divertido para a cantora e seus fãs virou uma confusão generalizada: diversas pessoas foram expulsas do local por se levantarem de seus assentos para dançar e levantar bandeiras com as cores do arco-íris, em defesa dos direitos LGBT.

Dua Lipa durante show em Amsterdã
Dua Lipa durante show em Amsterdã
Foto: James Mason / Getty Images

Diversos vídeos publicados nas redes sociais mostram pessoas na plateia sendo forçadamente retiradas por seguranças. Ainda no palco, Dua Lipa chegou a falar: "Eu quero criar um ambiente seguro para todos nós aqui nos divertimos. Eu quero que todos nós dancemos, cantemos".

Após a repercussão, Dua Lipa usou suas redes sociais nesta quinta-feira, 13, para mostrar sua indignação com o ocorrido. "Na noite passada, eu fiz o show para os meus fãs. Eu prometi um show. Eu fiquei com eles, dancei e cantei com eles. Eu vou ficar ao lado de vocês pelo amor e crenças de vocês, e eu estou muito orgulhosa e grata de que vocês se sentiram à vontade para mostrar seu orgulho em meu show. O que vocês fizeram exige muita coragem. Eu quero sempre que a minha música traga força, esperança e união", disse a artista no Instagram.

"Eu fiquei horrorizada pelo que aconreceu e eu envio todo o meu amor para todos os fãs envolvidos. Eu adoraria voltar para Xangai quando a hora certa chegar e espero ver um lugar cheio de arco-íris. Eu amo vocês, Xangai", concluiu.

Veja também:

 

Estadão Conteúdo

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade