0

Especial 'Madame X': Relembre o início da carreira de Madonna, nos anos 80

Às vésperas do lançamento do novo disco, o 'Estado' revisita carreira da rainha do pop

11 jun 2019
07h10
  • separator
  • 0
  • comentários

O aguardado novo disco de Madonna, Madame X, será lançado na próxima sexta-feira, 14. Com 5 singles lançados até o momento - Medellín, I Rise, Crave, Future e Dark Ballet - o disco conta com participações especiais de artistas como Maluma e Anitta.

Como aquecimento, o Estado preparou uma série de conteúdos especiais que revisitam a carreira da rainha do pop. Nesta terça-feira, relembre o início da carreira de Madonna, na década de 1980.

Nascida no seio de uma família católica em Michigan, nos Estados Unidos, Madonna aprendeu piano clássico, mas foi no balé que se revelou. Aos 19, estudava dança com mentoria da notável coreógrafa Martha Graham.

Em 1978, a então dançarina abandonou a Universidade e se mudou para Nova York, onde trabalhava como garçonete. Continuou os estudos de dança e se apresentava esporadicamente com a companhia Pearl Lang Dance Theater.

Madonna começou a carreira musical na banda de rock the Breakfast Club, em que fazia vocais, bateria e guitarra. Ela deixou a banda entre 1980 e 1981 e formou outra, sob o nome Emmy. Algum tempo depois, Madonna decidiu se lançar à carreira de artista solo.

O primeiro single de Madonna foi Everybody, lançado em outubro de 1982, hit em baladas dos Estados Unidos. Um ano depois, a cantora lançava seu primeiro disco, Madonna.

Mas foi o disco Like a Virgin, lançado no final de 1984, que catapultou Madonna ao sucesso. Foi nele, também, que a cantora comprou a icônica briga com instituições conservadoras - posição que permeou todo seu trabalho e persiste, como é possível atestar no clipe de Dark Ballet, lançado na última sexta-feira. É dessa época a famosa performance de Like a Virgin no MTV VMA de 1984.

Outro ponto importante da carreira de Madonna foi o vídeo de Material Girl, que recriou a performance de Marilyn Monroe no filme Diamonds Are a Girl's Best Friend, de 1953.

A primeira tour de Madonna pela América do Norte começou em 1985. Nos shows, começava a surgir uma tendência: fãs mulheres apareciam vestidas como Madonna. No mesmo ano, a cantora enfrentou um 'escândalo' de cabeça erguida. As revistas Penthouse e Playboy divulgaram fotos de Madonna nua, feitas em 1978 por menos de 25 dólares por sessão.

Ainda na década de 80, Madonna lançou dois outros discos: True Blue, em 1986, dedicado a Sean Penn, e Like a Prayer, em 1989, co-produzido com Patrick Leonard, Stephen Bray e Prince. No mesmo ano, Madonna lançou a música homônima em um comercial da marca de refrigerantes Pepsi.

Madonna já havia tido sua primeira desavença com a Igreja. Em 1987, o papa João Paulo II proibiu os católicos de assistirem aos show da cantora em Turim, na Itália. Dois anos depois, a cantora voltou com o clipe da música Like a Prayer, em que aparece beijando um santo negro e dançando na frente de cruzes em chamas.

Estadão
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade