PUBLICIDADE

Sinéad O'Connor anuncia aposentadoria. Próximo disco será o último

6 jun 2021 19h30
ver comentários
Publicidade
Foto: Divulgação/Nettwerk / Pipoca Moderna

A cantora Sinéad O'Connor anunciou nas redes sociais que está se aposentando. Aos 54 anos, ela disse que a idade e o cansaço influenciaram sua decisão.

A artista irlandesa tinha anunciado recentemente que faria um novo álbum no próximo ano, intitulado "No Veteran Dies Alone (NVDA)", e agora afirma que este será seu último trabalho. Apesar de marcar sua despedida, o disco não contará com nenhum tipo de divulgação de sua parte durante o lançamento.

"Isso é para anunciar minha aposentadoria das turnês e de trabalhar na indústria da música", ela tuitou na noite de sexta (4/6), acrescentando: "Fiquei mais velha e estou cansada. Então é hora de eu me retirar, tendo realmente dado o meu melhor. 'NVDA' em 2022 será meu último lançamento. E não haverá mais turnês ou promoção".

Respondendo a perguntas de seus fãs on-line, ela ponderou que, depois de uma carreira de 37 anos (desde a adolescência como cantora da banda Ton Ton Macoute), era "hora de relaxar e fazer outros sonhos se tornarem realidade".

Sinéad O'Connor ainda consolou os fãs: "Não é uma notícia triste. São notícias maravilhosas. Um guerreiro sábio sabe quando ela ou ele deve recuar".

Nos últimos anos, a cantora tem chamado mais atenção por anúncios controversos que por sua música. Ela se converteu ao islamismo e mudou duas vezes de nome desde 2017 (para Magda Davitt e Shuhada Sadaqat), além de ter se assumido lésbica, apenas para se desmentir dias depois. Há alguns anos, ela publicou um vídeo alarmante dizendo que pensava em se matar. A crise seria consequência de transtorno bipolar, que ela revelou, antes de se desmentir, afirmando que, após consultas com diferentes médicos, descobriu que o diagnóstico não era verdadeiro. Agora, ela diz que sofre com agorafobia.

Ela acaba de publicar seu livro de memórias, "Rememberings".

Pipoca Moderna Pipoca Moderna
Publicidade
Publicidade