PUBLICIDADE

Simone critica evangélicos: "gostam de dedo apontado"

Durante o Podcast Transformados, a sertaneja e o marido, Kaká Diniz, opinaram sobre a hipocrisia dos religiosos

30 nov 2021 12h57
ver comentários
Publicidade
"Para me apontar teria que ser Jesus, que é perfeito", disse Simone.
"Para me apontar teria que ser Jesus, que é perfeito", disse Simone.
Foto: Instagram/@simoneses / Famosos e Celebridades

Enquanto marcava presença no Podcast Transformados, comandado por Alex Monteiro, Simone Mendes, dupla com Simaria, fez uma crítica a comunidade evangélica ao relembrar uma vez em que perdeu a paciência e se pronunciou contra os religiosos. 

"Fizeram comentários dolorosos. E eu fiz questão de entrar na página dessas pessoas e fiz questão de ver. E eu vi que eles tinham algumas falhas que não poderiam me apontar. Para me apontar teria que ser Jesus, que é perfeito", disse.

A sertaneja ainda conta que ficou magoada porque os comentários foram feitos justamente na semana em que Marília Mendonça faleceu. "Depois que a pessoa morre tem compaixão. Por que? Só quando morre vem amor? Por que em vida não oram, não dão a mão? Eles fazem diferente, gostam do dedo apontado", completou a sertaneja. 

O empresário Kaká Diniz, marido de Simone, também comentou o assunto. "Existe uma incoerência muito grande. Missionários falando em compaixão, amor ao próximo, mas vai para uma rede social pregar totalmente o oposto. Eles falam a verdade que convém a eles".

Assista:

Famosos e Celebridades
Publicidade
Publicidade