4 eventos ao vivo

Zeca Pagodinho recebe alta após acidente: 'Está na companhia da família'

Em comunicado, representante do artista informou que nenhum problema foi constatado com os exames realizados

15 jul 2017
22h59
  • separator
  • comentários

Zeca Pagodinho já está em casa se recuperando do acidente de quadriciclo sofrido nesta sexta-feira (14), em Xerém, no município de Duque de Caxias, no Rio. De acordo com o comunicado divulgado por representantes do sambista, ele recebeu alta por volta das 8h e está na companhia da família.

'Não constataram nenhum tipo de problema', afirma nota

O informe continua: "Todos os exames de rotina foram realizados e não constataram nenhum tipo de problema. Zeca, hoje, fica de repouso em sua residência, mas no dia 22 de julho apresenta o show "Ser Humano", na Ribalta (Barra da Tijuca/RJ)". Os representantes do cantor ainda agradeceram a atenção dos seguidores: "Nosso agradecimentos para as milhares de mensagens que recebemos de apoio e carinho dos amigos e fãs".

Zeca Pagodinho responde jovem de forma ríspida na TV

Durante participação no "Altas Horas", Zeca Pagodinho foi questionado por um jovem da plateia sobre a diferença entre pagode, samba e partido-alto. "Que pergunta antiga", disse o cantor, fã declarado de Ludmilla. "Olha, que tipo de samba você está falando? Tem samba-enredo, samba de partido-alto, samba de roda...", continuou. "E qual a diferença?", insistiu o menino. "A diferença é que você tem que fazer o samba, né? Você vai cantar um partido-alto e não será a mesma coisa que o samba-enredo", devolveu o cantor. O rapaz insistiu na pergunta e ouviu uma resposta atravessada: "Poxa, cara, é tão difícil de perceber? E tem que perguntar isso para mim? Vai na avenida que você vai ver o samba-enredo, vai para o morro que você verá o partido-alto e vai para o pagode que você verá o samba de roda", afirmou. "Entendi. Então, a diferença está no local onde ficam as pessoas?", ironizou o rapaz. "Mas é claro. Não sou eu quem vai te ensinar isso, não", disse o sambista, encerrando a conversa.

Sambista é inocentado em caso de fraude: 'Não toco no que não é meu'

No fim do ano passado, Zeca Pagodinho comemorou sua inocência no processo em que havia sido condenado por fraude, em dezembro de 2015. O cantor foi acusado depois que observaram irregularidades na 15ª Expoagro, realizada em Brasília. O Ministério Público havia afirmado que houve superfaturamento na contração do artista. "Tem uma coisa que o meu pai me ensinou: nunca tocar no que não é meu. E eu não toco. Isso tudo aconteceu porque tinha gente querendo ganhar fama com esta história", comemorou ele, que afirmou que não iria processar ninguém: "Já gastei bastante com advogado e nunca mais vou ver este dinheiro. Agora é bola pra frente".

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade