2 eventos ao vivo

Amigo fiel: Wagner Moura recorda parceria com Caio Junqueira

Em entrevista, Wagner Moura relembrou trabalhos que realizou com Caio Junqueira no cinema e no teatro

26 jan 2019
10h31
atualizado às 19h52
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator

Wagner Moura lamentou a morte de Caio Junqueira, ocorrida no último dia 23. O ator tinha 42 anos e morreu após ficar uma semana internado depois de sofrer um grave acidente de carro no Aterro do Flamengo, Zona Sul do Rio de Janeiro. Eles atuaram juntos no cinema e no teatro. "Eu e Caio fizemos 'Tropa de Elite' juntos e, quando terminou, o levei para fazer 'Hamlet' comigo. Caio era o Horácio. E é assim que eu vou me lembrar dele para sempre. Horácio era o amigo fiel de Hamlet, e ele sobrevive naquele castelo em que todo mundo morre. Horácio vive", afirmou Wagner em entrevista para a colunista de TV Patricia Kogut, neste sábado (26). "A gente era muito amigo", completou o intérprete do Capitão Nascimento.

Wagner Moura recordou a parceria com Caio Junqueira, ator morto no último dia 23 de janeiro de 2019 aos 42 anos após um grave acidente de carro: 'Amigo fiel'
Wagner Moura recordou a parceria com Caio Junqueira, ator morto no último dia 23 de janeiro de 2019 aos 42 anos após um grave acidente de carro: 'Amigo fiel'
Foto: Divulgação, TV Globo / PurePeople

Caio foi lembrado pelo irmão em vídeo

Jonas Torres, irmão de Caio, usou suas redes sociais para fazer uma homenagem ao ator. Em vídeo compartilhado na web, um dia após seu sepultamento, Caio aparece fazendo uma guerra de travesseiro com Nina, filha de Jonas. "Assim... alegre, tio, irmão, filho e amigo... assim vai ficar para sempre no meu coração... te amo meu irmão! Luz e paz na sua subida", escreveu o eterno Bacana do seriado "Armação Ilimitada", exibido pela Globo nos anos 1980. No seu velório, Caio já havia sido homenageado por colegas de trabalho e amigos como Danton Mello, que não conteve as lágrimas. "É uma grande perda, trágica. Era muito alegre, muito companheiro, parceiro, amigo para todas as horas. É muito triste, ele era muito novo...", lamentou, ao Purepeople, o ator, fazendo coro com Mariana Ximenes. "É muita dor. Ele tinha um sorrisão, com os olhinhos fechados, bom ator. O Caio foi um grande colega, um grande parceiro de cena", lamentou a atriz.

Colegas se despediram também nas redes sociais

Logo após o anúncio da morte de Caio, vários colegas de profissão deixaram suas mensagens de pesar. Bianca Rinaldi foi uma delas. A atriz fez par romântico com o ator na novela "Ribeirão do Tempo" (2010, Record TV). "Inacreditável, muita dor no coração. Meus sentimentos a família. Grande amigo de sorriso sincero de criança, generosidade em pessoa, dentro e fora de cena. Foi uma honra e uma delícia ter você como parceiro", disse Bianca. Na mesma trama, Caio contracenou com Letícia Medina, que também se despediu do ator, chamando-o pelo apelido de seu personagem, Joca. "Vá em paz, meu eterno Farinha", escreveu a jovem.

Giselle Itié lamentou morte do ex-namorado

Também pelo Instagram, a atriz deu adeus ao ex-namorado, com quem se relacionou por sete meses. "Como dói. Só queria te abraçar forte e dizer o quanto você é e sempre foi amado por todos nós! Até quem não te conhecia já te amava", escreveu Giselle Itié.

(Por Guilherme Guidorizzi)

Veja também:

Luisa Sonza e Vitão! O casal que parou o Tik tok
PurePeople
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade