0

Tati Minerato vibra com título da Águia de Ouro no carnaval de SP: 'Pé quente!'

Tati Minerato estreou com o pé direito na Águia de Ouro. A azul e branca foi campeã do carnaval de São Paulo com um décimo de vantagem para a Mancha Verde, de Viviane Araujo. Escola vencedora falou da importância da educação e fez homenagem ao educador Paulo Freire e ao inventor Santos Dumont. 'Estou muito feliz e emocionada. Fui pé quente!', vibrou. Veja a classificação final do carnaval de SP!

25 fev 2020
19h58
atualizado às 21h55
  • separator
  • 0
  • comentários

Tati Minerato vibrou à distância com o título da Águia de Ouro no carnaval de São Paulo. A apuração das notas das 14 escolas do Grupo Especial aconteceu nesta terça-feira (25) e pela primeira vez a azul e branca da Pompeia (Zona Oeste paulistana) foi campeã. O carnaval 2020 marcou ainda a estreia na agremiação da vencedora do reality show "Power Couple 2018". Em viagem pelo Rio de Janeiro, onde visitou o Pão de Açúcar, Tati festejou a vitória da Águia. "Estou muito feliz e emocionada. Acompanhei a apuração pela internet. Desde o momento em que estava na concentração senti a emoção e, realmente, os carros e fantasias estavam ótimas(...). Fui pé quente", vibrou para o portal "G1".

Desfile campeão da Águia falou de educação

Fundada em 1976, a Águia de Ouro foi campeã pela primeira vez do Grupo Especial com o enredo "O Poder do Saber - Se Saber é Poder... Quem Sabe Faz a Hora, Não Espera Acontecer", de Sidney França e Laíla, após três títulos no principal grupo de acesso (1998/2009/2018). A azul e branca cantou a educação, abordando a evolução do conhecimento desde a época da Pedra até o futuro, nos robôs. Quinta escola a desfilar no sábado (22), a agremiação lembrou que o conhecimento tem seu lado ruim com a criação de bombas atômicas, como a de Hiroshima. Personalidades como Albert Einstein e Santos Dumont foram representados ao longo do desfile, bem como o educador Paulo Freire.

Veja a classificação final do carnaval 2020 em SP

Campeã de 2019, a Mancha Verde somou 269.8 pontos, ficando um décimo atrás da Águia. Neste ano, a rainha de bateria da tricolor, Viviane Araujo usou um look all red para representar a luxúria. Em terceiro lugar veio a Mocidade Alegre (269.7), mesma pontuação da Acadêmicos do Tatuapé. Com 269.5, empatadas, mas na ordem por critérios de desempate, Unidos de Vila Maria, Dragões da Real e Rosas de Ouro. A Tom Maior foi a 8ª colocada (269.3), seguida da Império de Casa Verde (269.2) e Barroca Zona Sul (269.0). Em 11º lugar, a Gaviões da Fiel, com 268.9; e em 12º, a Colorado do Brás, com 268.7. Foram rebaixadas a X-9 Paulistana (com 268.4, para lamento de Juju Salimeni) e a Pérola Negra (com 267.6), em seu quinto rebaixamento desde 2001. No Grupo de Acesso, Vai-Vai (campeã) e Acadêmicos do Tucuruvi (vice) garantiram vaga na elite em 2021.

Viviane Araujo deu beijo romântico no namorado em desfile no RJ

Se a atriz não pode comemorar o título em São Paulo, tem chance de celebrar a conquista do carnaval no Rio. O Salgueiro é uma das favoritas na apuração desta quarta-feira. Durante o desfile da vermelha e branca, Viviane protagonizou uma cena de cinema ao dar beijo romântico no namorado, Guilherme Militão. Outra favorita é a Beija-Flor. À frente da bateria pelo 18º ano seguido, Raissa Oliveira festejou o primeiro desfile depois da maternidade. Em uma das alas, Edson Celulari teve a companhia dos filhos, Enzo e Sophia.

(Por Guilherme Guidorizzi)

Veja também:

PurePeople
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade