0

SPFW cancelado! Evento de moda sofre alterações por causa de coronavírus

O São Paulo Fashion Week decidiu cancelar o evento que estava previsto para abril, diante do crescente número de casos de coronavírus, doença que está afetando pessoas por todo o mundo. Em nota, o SPFW anunciou que a medida é preventiva, com o objetivo preservar a saúde dos envolvidos, mas que a temporada de desfiles em outubro segue mantida no calendário de moda. Veja os detalhes!

13 mar 2020
09h11
atualizado às 11h49
  • separator
  • 0
  • comentários

Em comunicado oficial, divulgado no dia 12 de março, o São Paulo Fashion Week anunciou que a próxima edição do evento, prevista para abril, está cancelada. A medida foi tomada após a nova classificação de pandemia do coronavírus (COVID-19), que está se alastrando com rapidez ao redor do mundo e afetando diversos setores - incluindo a moda. A doença também já afetou famosos internacionais, como Tom Hanks, e brasileiros, como a influencer Gabriela Pugliesi e o cantor Di Ferrero, diagnosticados recentemente com o vírus.

SPFW planeja novas datas para o evento

Diante da pandemia do coronavírus, - que já afetou a programação da Globo - e com o objetivo de preservar a saúde e o bem-estar de todos os envolvidos, o São Paulo Fashion Week decidiu cancelar a próxima edição do evento, que estava prevista de 24 a 28 de abril. Em nota oficial para a imprensa, a semana de moda da capital paulista será replanejada, com novas datas a serem divulgadas. "Em função da nova classificação de pandemia do coronavírus (COVID-19), o São Paulo Fashion Week comunica o cancelamento dos desfiles previstos de 24 a 28 de abril. Diante do cenário atípico e visando preservar a saúde e bem estar de todos, a programação do Festival SPFW+ e a conferência internacional anunciada para o dia 27 de abril serão replanejadas", diz o comunicado oficial.

Este ano, SPFW comemora 25 anos e mantém desfiles no segundo semestre

A boa notícia é que, de acordo com a nota, os desfiles do segundo semestre, programados para meados de outubro, seguem mantidos até o momento. Este ano, inclusive, o evento comemora 25 anos, com a proposta de celebrar a criatividade e de ser mais que um evento de moda. Com o crescente número de casos de coronavírus em diferentes países, outros eventos e apresentações internacionais também precisaram ser cancelados e replanejados, para evitar novos registros da doença.

Coronavírus afeta indústria da moda por todo o mundo

Em virtude do coronavírus, grifes internacionais precisaram tomar atitudes preventivas em relação aos desfiles e apresentações pelo mundo. A Prada cancelou seu desfile Resort que aconteceria em Tóquio, em maio, seguida pela Gucci, Chanel e Ralph Lauren. Além de cancelar o desfile cruise, em Dubai, a Giorgio Armani exibiu online sua coleção de inverno na Semana de Moda de Milão. Todos esses cancelamentos, incluindo o do SPFW, mostram o impacto do coronavírus na indústria da moda, afetando as relações de negócios a nível global, em especial na China, onde a doença teve início e que representa um dos mais lucrativos mercado de moda atualmente. Algumas marcas, como Dolce & Gabbana, estão ajudando no financiamento de estudos e pesquisas sobre a doença.

(Por Marina Couto)

Veja também:

PurePeople
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade