1 evento ao vivo

Solteira, Carla Diaz descreve homem ideal para namorar: 'Decidido e com atitude'

Amante na novela 'A Força do Querer', atriz descarta relação com homem comprometido: 'Não é saudável'

12 out 2017
10h58
atualizado às 11h01
  • separator
  • comentários

Carla Diaz, interpretando em "A Força do Querer" seu primeiro papel mulherão, está solteira e, focada no novo trabalho, não pensa em engatar um namoro. Mas, em entrevista à revista "Caras", a atriz que causou alvoroço ao chegar em evento de moda em São Paulo listou as principais as características que preza em um parceiro e em seus relacionamentos amorosos. "Acho que não tem receita de bolo, cada relação é diferente. Mas acredito no companheirismo, respeito e que tenha amor, óbvio. Gosto de homens decididos, com atitude, que não fiquem em cima do muro", contou a artista de 26 anos.

Artista descarta namoro com homem casado

Interpretando Carine, a amante de Rubinho (Emílio Dantas) com quem o traficante poderá terminar a novela das nove em um dos finais alternativos, Carla Diaz rejeita namoro com companheiros que já tenham namoradas ou esposas. "Jamais conseguiria. É uma situação que não é saudável para ninguém. Não me atraio por homens comprometidos, então, nem olho", declarou a artista cuja personagem é "patrocinada" pelo marido de Bibi Perigosa (Juliana Paes) na trama.

Carla Diaz brinca sobre rivalidade com Juliana Paes

Causando muita confusão por completar o triângulo amoroso de Rubinho, Carla Diaz se diverte com o posto de rival da companheira de cena Juliana Paes. "Já cheguei apanhando na primeira cena. Acho engraçado esse termo de que estou 'rivalizando' com a Ju (Paes). Porque nunca, nesta encarnação, imaginaria que isso fosse acontecer", brincou. "E está sendo ótimo! A troca com ela é maravilhosa, a gente se conhecia desde 'Laços de Família', de 2000."

'Mulherão, para mim, é a Gisele Bündchen'

Sensual na pele de Carine, a atriz prefere não usar seu corpo para se intitular como "mulherão". "Ainda me considero uma jovem-mulher, mas não gosto de rotular nada. Cada um interpreta de um jeito. Mulherão, para mim, é a Gisele Bündchen, alta, linda. Por outro lado, pode ser aquela mulher forte, ponderada, que representa muitas mulheres. Por esse lado, posso até ser um mulherão. Não fisicamente", disse. Ela ainda contou ter recebido acompanhamento médico para mudar rotina alimentar e emagrecer 4 quilos para a participação na obra de Gloria Perez, além de ter intensificado os treinos na academia. "Fui a uma nutricionista e fiz reeducação alimentar. Nesse consultório também tem um endocrinologista e um personal. Acabei tendo acompanhamento dos três."

(Por Carol Borges )

PurePeople

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade