4 eventos ao vivo

Sem Fátima, Túlio Gadêlha curte Queirogada sozinho em Recife

Advogado foi fantasiado com cocar de índio para a festa nesta quinta-feira (8)

9 fev 2018
08h52
atualizado às 10h06
  • separator
  • comentários

Túlio Gadêlha está aproveitando bastante o pré-carnaval de Recife. O advogado já se fantasiou de Batman com Fátima Bernardes no final de janeiro e vendeu cerveja com o irmão nas ruas de Pernambuco semana passada. Nesta quinta-feira (8), sem a namorada, o rapaz curtiu sozinho a Queirogada e assistiu aos shows de Elba Ramalho, Roberta Sá e Alceu Valença, cantor homenageado na batucada. Para a folia, Túlio investiu em uma blusa toda colorida e cocar de índio. O casal Eduardo Sterblitch e Louise D'Tuani também curtiu a festa nesta noite.

Apresentadora lembra folia com namorado: 'Carnaval fora de época'

Em seu perfil do Instagram, Fátima lembrou o período de folia com Túlio em Recife ao publicar uma foto dos dois com colares havaianos. "Carnaval fora de época", "Somos foliões" e "Vai começar" foram as hashtags usadas pela apresentadora. O advogado deixou uma mensagem para a companheira nos comentários: "Muitas saudades".

Fátima revela que já conhecia o advogado: 'Olhar vai mudando'

Durante o "Encontro", Fátima falou sobre o namoro com o pernambucano e foi questionada se acreditava que o destino interferia nos relacionamentos. A ex-mulher de William Bonner, então, contou que já conhecia Túlio antes de começar a relação: "Acredito no amor e acredito que tem determinados momentos da vida que você está pronta para enxergar determinadas coisas. Em outros momentos, não. Comigo, recentemente, tem sido assim. Em determinado momento já tinha encontrado essa pessoa e não tinha despertado nada. Naquele momento não estava pronta". "Em outro momento, você reencontra aquela pessoa e pronto! A disponibilidade que você tem para o seu olhar é que vai mudando aos poucos", completou. No palco do programa, a jornalista ainda disse que foi criticada por sua fantasia de Mulher-Gato: "Que me incomodou não. Mas sempre tem um 'ah, talvez precisava se fantasiar para brincar o carnaval? 'A essa altura do campeonato...'. Como se tivesse ter determinada idade para exercitar o seu direito: brincar o carnaval".

PurePeople

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade