4 eventos ao vivo

Rainha da X-9, Juju Salimeni aponta tristeza com queda da escola: 'Prejudicada'

Juju Salimeni se disse triste com a queda da X-9 Paulistana para o Grupo de Acesso em 2021. Agremiação ficou em 13º e penúltimo lugar, caindo ao lado da Pérola Negra. 'Estou muito triste, a escola foi prejudicada em vários sentidos', disse a musa fitness, rainha de bateria da agremiação. Em São Paulo, a grande campeã foi a Águia de Ouro, que conquistou seu primeiro título no Grupo de Acesso

25 fev 2020
21h43
atualizado às 21h55
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator

Enquanto Tati Minerato comemora o primeiro título da Águia de Ouro no carnaval de São Paulo, Juju Salimeni mostrou tristeza ao comentar o rebaixamento da X-9 Paulistana. A escola ficou em 13º e penúltimo lugar e em 2021 vai desfilar no Grupo de Acesso - também caiu a Pérola Negra. "Estou muito triste, a escola foi prejudicada em vários sentidos, mas nada muda em relação ao meu posto. Estou disponível para a escola independente de qual grupo esteja", afirmou a musa fitness para o portal "G1". Rainha de bateria da tricolor, Juju desfilou sem tapa-sexo e com uma peruca lace para representar uma índia.

Escola de Juju cantou bataques pelo Brasil

No desfile deste ano, a X-9 levou para o Anhembi o enredo de Pedro Magoo, "Batuques para um rei coroado", sobre batucadas das mais diversas regiões e religiões. Passaram pelo sambódromo a festa dos bois Garantido e Caprichoso em Parintins (Amazonas) e o maracatu pernambucano. A agremiação que encerrou a primeira noite de desfiles, na sexta-feira (21) começou seu desfile com uma hora de atraso depois que um carro da Dragões da Real ficou preso em uma fiação elétrica e foi preciso cortar a energia elétrica do local até a solução do problema. Campeã duas vezes no Grupo Especial (1997/2000), a X-9 já havia sido rebaixada em 2016. No Grupo de Acesso, a Vai-Vai foi a campeã e a Acadêmicos do Tucuruvi, a vice - ambas voltam para a elite no ano que vem; por outro lado, a também tradicional Nenê de Vila Matilde caiu para o Grupo de Acesso 2 (terceira divisão da folia paulista).

Lexa mostrou resultados de tombo na Sapucaí: 'Dedinho inchado'

A funkeira fez sua estreia como rainha de bateria da Unidos da Tijuca. Ao cruzar a passarela do samba, Lexa acabou escorrendo e levou um tombo, levantando em seguida. "Eu caí e levantei diversas vezes. Chorei diversas vezes na Avenida", disse a mulher de MC Guimê. Horas depois, mostrou o resultado do incidente em sua conta de Stories. "E vamos de machucados da Avenida. Sim, isso é um dedinho estourado e inchado (risos)", legendou mostrando bom humor.

Luísa Sonza temeu vômito na Sapucaí em estreia. Saiba motivo!

A folia de 2020 também marcou o primeiro desfile de carnaval de Luísa Sonza na passarela do samba carioca. A gaúcha defendeu as cores da Grande Rio, apostou em um body dourado, cor em alta nesses desfiles deste ano, foi tietada pelo marido, Whindersson Nunes , e temeu passar mal durante a apresentação. "Fiz uma boquinha para ter pique aqui. Comi arroz, feijão e frango. Daí rola um medo de vomitar", afirmou.

(Por Guilherme Guidorizzi)

Veja também:

Luisa Sonza e Vitão! O casal que parou o Tik tok
PurePeople
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade