0

Príncipe Harry elogia Meghan Markle em discurso como embaixador: 'Animada'

Com o casamento marcado para meados de maio, o herdeiro do trono britânico foi apresentado como novo representante da Commonwealth Youth e citou a atriz americana em seu discurso. 'Sou incrivelmente grato, porque a mulher com quem vou casar vai se juntar a mim nesse trabalho', afirmou Príncipe Harry nesta segunda-feira (16) na capital britânica, em Londres

16 abr 2018
18h53
  • separator
  • comentários

A parceria de Príncipe Harry e da noiva, Meghan Markle, vai além do casamento, marcado para o dia 19 de maio e que terá os sobrinhos dele, George e Charlotte, como pajem e daminha. Durante discurso ao assumir o posto de embaixador da Commonwealth Youth, responsável por organizar eventos filantrópicos voltados para a juventude dos países que integraram o antigo Império Britânico. "Em meu novo papel, vou apoiar a rainha (Elizabeth II, avó de Harry), meu pai, o príncipe de Gales (Charles), e meu irmão, William, todos cientes de que a juventude é a resposta para os desafios atuais. Também sou incrivelmente grato porque a mulher com quem vou casar vai se juntar a mim nesse trabalho, e ela está extremamente animada em participar", destacou o herdeiro do trono britânico.

'Meghan vai ser uma força', afirma fonte

Dona de uma personalidade forte e independente, Meghan foi elogiada por pessoas próximas ao casal à revista "People". De acordo com a publicação, amigos do príncipe contaram à revista que ele e Meghan veem a Commonwealth como um lugar perfeito para as atividades de filantropia internacional, que combinam muito com o trabalho de caridade que Meghan fez antes de ingressar na família real. Eles estão prontos para participar de alguns eventos da Commonwealth no final desta semana. "Meghan vai ser uma força. Ela vai ajudá-lo a realmente definir seu papel e se relacionar com o público de uma forma que ele não teria sido capaz de fazer antes. Valeu a pena a espera", disse um informante.

Presentes serão doados para sete ONGs

Com planos de passar a lua de mel na África, os noivos - cujo casamento terá um plano de segurança histórico - não querem receber presentes. Eles decidiram que os convidados deverão encaminhar doações para uma das sete ONGs selecionadas por eles. "O casal pediu, portanto, que qualquer um que possa desejar marcar a ocasião considere fazer uma doação para uma organização de caridade, ao invés de enviar um presente de casamento", disse o comunicado.

(Por Marilise Gomes)

PurePeople

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade