0

'O Sétimo Guardião': beatas de Serro Azul são lideradas pela sonsa Mirtes

Na nova novela das 9, O Sétimo Guardião, Mirtes será uma beata venenosa que julga tudo e todos, arma contra as pessoas, mas, quando precisa, se faz de boazinha. A religiosa terá um grupo de amigas para ajudá-la em seus planos e ainda terá contato com o padre de Serro Azul, cidade onde a novela se passa, vizinha a Greenville e Tubiacanga, e que já foi citada em outras seis tramas escritas por Aguinaldo Silva, desde 1992, em Pedra Sobre Pedra

6 nov 2018
17h35
  • separator
  • comentários

Um grupo de religiosas fervorosas promete movimentar a novela "O Sétimo Guardião", substituta de "Segundo Sol". Serro Azul, cidade principal onde se desenrola a trama e vizinha às cidades de Greenville e Tubiacanga, esconderá muitos segredos, incluindo uma fonte mágica com poderes curativos e rejuvenescedores. Os católicos de Serro Azul formam um grupo composto pela traiçoeira Mirtes (Elizabeth Savala) e seus três seguidores: Jurandir (Paulo Miklos), um pai repressor; Liliane (Simone Zucato) e Roseane (Talita Fusco), além do divertido padre Ramiro, que, apesar de sua descontração natural, sabe puxar a orelha dos fiéis quando precisa, também esconderão seus próprios segredos.

Mirtes e sua trupe

Mirtes é mãe de um dos guardiões do segredo da cidade, o doutor José Aranha (Paulo Rocha). O filho, amoroso e devoto, não enxerga as armações que ela trama contra Stella (Vanessa Giácomo), sua mulher, porque na frente do filho, Mirtes age como santa. Por sua vez, a mãe não imagina a relação de Aranha com Ondina, a dona do bordel da cidade e arqui-inimiga da beata, a quem ela considera a encarnação do pecado. Além das alfinetadas da cafetina Ondina (Ana Beatriz Nogueira), Mirtes pega no pé de Stella, sempre dizendo que ela não foi nem capaz de lhe dar um neto, pois, depois que perdeu um bebê, a nora nunca mais conseguiu ter outro. Stella fica insegura com as insinuações da sogra e tem que ser forte para não sucumbir ao vício pela bebida. Outro desafeto de Mirtes é seu ex-genro, João Inácio (Paulo Vilhena), que era casado com sua filha que morreu, não sem antes de ter um filho com ela, neto de Mirtes, Guilherme (Caio Manhente). A beata não poupa intrigas para que o neto Guilherme se afaste de João Inácio e também atazanar sua relação com a prostituta pela qual ele é apaixonado. Sempre ao lado de Mirtes estão Liliane, Roseane e Jurandir, um pai repressor que tem o grande sonhos de que sua filha Elisa (Giullia Buscacio) seja freira e siga a vida religiosa, mas ela não vai gostar muito da ideia.

O Padre

O Padre Ramiro (Aílton Graça) pode ser considerado não-convencional, ainda mais para uma cidade como Serro Azul, pequena e do interior, em que ainda nem chegou a tecnologia. Ele é pavio curto, adora malhar e dança funk! O inusitado padre promete quebrar padrões, mas mostrará que também consegue ser rígido, pois detesta conversa paralela interrompendo a missa, roupas ousadas e crianças malcriadas.

Os guardiões do segredo de Serro Azul

Não só a julgadora Mirtes como toda cidade irá ficar intrigada com os sete guardiões. São pessoas que, aparentemente não tem nada em comum, mas que vivem se encontrando na casa do guardião-mor Edígio (Antonio Calloni). A vida dos guardiões se tornará mais difícil quando a iminente morte de Edígio os obrigar a realizar o ritual secreto de substituição do posto de guardião. Além disso, o novo guardião-mor é um forasteiro de São Paulo, e terá um romance com Luz (Marina Ruy Barbosa), o que é proibido pelas regras dos guardiões. Tudo se complicará ainda mais quando a tecnologia chegar à cidade revolucionando a vida de todos.

(Por Raphaela Fernandes)

PurePeople

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade