0

'O Outro Lado do Paraíso': Samuel transa com Suzy após se aplicar injeção

A enfermeira fica surpresa com o desempenho do médico na hora H

11 nov 2017
13h05
  • separator
  • comentários

Nos próximos capítulos de "O Outro Lado do Paraíso", Samuel (Eriberto Leão) irá ainda mais longe para conseguir se relacionar com Suzy (Ellen Rocche). Gay, o médico não aceita sua orientação sexual e decide recorrer a remédios para transar com a namorada. Em cena prevista para ir ao ar na próxima segunda-feira (11), o psiquiatra vai usar um remédio injetável para não repetir o fracasso na cama. As informações são do colunista de TV Daniel Castro: antes de ir para cama, o filho de Adnéia (Ana Lúcia Torre) se tranca no banheiro. "Doutor Samuel, tá demorando tanto", estranhará a enfermeira, personagem para a qual a atriz emagreceu 12 kg.

'Deixa eu fazer um striptease', pede Suzy

Após aplicar a seringa, ele vai comemorar a ereção: "Inflou". Do lado de fora, a loira se preocupa com a saúde do namorado. "Tá se sentindo bem?", questiona Suzy. "Ótimo", garante ele, saindo. "Ui tigrão. Deixa eu fazer um striptease pra você", sugere ela, na sequência. No dia seguinte na história, a profissional da saúde aparecerá no hospital, elogiando o desempenho do parceiro a uma amiga. "Ele não parava nunca. Parecia uma máquina. Ui. Era uma, duas, três", relembrará. "Que sorte, amiga. Além de ser psiquiatra, diretor do hospital, um partidão", elogia a outra enfermeira. Na novela de Walcyr Carrasco, no entanto, ficará claro que a transa não satisfez o médico. Sorridente, ele aparecerá ao telefone. "Está livre hoje à noite?", questionará, sinalizando o caso dele com um homem.

Após casamento, Suzy será enganada por marido

Além do reaparecimento de Clara (Bianca Bin), milionária e com sede de vingança, a nova fase da trama vai revelar a traição do psiquiatra a mulher. Para conseguir manter o relacionamento com Cido (Rafael Zulu), Samuel vai passar a colocar a loira, com quem já terá casado após o avançar da novela, em plantões noturnos. Assim, além de evitar dormir com ela, consegue sair com seu amante. Insatisfeita, ela pede para ser mudada de horário, mas o médico argumenta que, por ser o diretor do hospital, não pode conceder esse tipo de benefícios à mulher.

(Por Marilise Gomes )

PurePeople

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade