0

O Outro Lado do Paraíso: Lorena defende marido de pedofilia

Mulher afirma que a acusação de abuso sexual e psicológico partiu de 'fantasias cruéis' da filha

15 jan 2018
11h34
atualizado às 11h50
  • separator
  • comentários

Laura (Bella Piero) não terá o apoio de Lorena (Sandra Corveloni) ao denunciar os atos de pedofilia feitos por Vinícius (Flávio Tolezani) na novela "O Outro Lado do Paraíso". Com o apoio de Clara (Bianca Bin), a jovem faz regressão com Adriana (Julia Dalavia) e, ao relembrar os abusos sexuais cometidos pelo padastro, decide contar para a mãe antes de ir até a delegacia. O que ela não esperava era que a mulher daria apoio ao marido e prometeria a ele ajuda para que a filha volte atrás na decisão de prosseguir com a acusação. As cenas estão previstas para irem ao ar a partir do dia 8 de fevereiro.

Laura acusa Vinícius por pedofilia: 'É um monstro'

Segundo o colunista Daniel Castro, tudo começa quando a estudante resolve não se separar de Rafael (Igor Angelkorte), com quem ficou desesperada ao transar pela primeira vez na noite de núpcias, para descobrir o motivo de ter aversão a sexo. Ciente de tudo o que aconteceu quando ainda era criança, ela desabafa na frente do delegado corrupto: "Eu resgatei minha memória. Ele me agarrou, não uma, mas muitas vezes naquele lugar. Era no quintal. A faxineira ficava mais dentro da casa, ele provavelmente dizia que ia brincar comigo. Ou ela não queria ouvir meus gritos, meu choro". A jovem continua relatando as agressões físicas e psicológicas de Vinícius. "Eu não te suportava porque quando era uma menina, cê me agarrou, abusou e me ameaçava de morte. É um monstro, sim, um monstro", grita contra o padrasto.

Lorena não acredita na filha e promete ajuda ao marido pedófilo

Diante das acusações de Laura sobre os abusos sexuais sofridos na infância, Lorena se mostra incrédula e afirma que o marido era carinhoso com a pequena. "Você era uma menina rebelde, briguenta, fugia dele. Não aceitava o amor", diz, deixando a mulher de Rafael furiosa. "Não era amor. Era sexo", grita a estudante antes de fazer as malas e se mudar do apartamento da mãe com o marido.

'Não vou deixar ela te destruir'

Sozinha com Vinícius, Lorena indaga o marido para entender o motivo da denúncia da filha. "De onde ela tirou essa ideia? Como é que ela pode dizer que você...", questiona. "Não vai me dizer que acredita nessa fantasia. Se disser que acredita, faço a minha mala e vou embora agora mesmo", chantageia o cúmplice de Sophia (Marieta Severo). "Eu sei que é uma fantasia, mas mesmo as fantasias partem de algo que faça sentido", continua Lorena, e o delegado mente dizendo que tinha por Laura carinhos de um pai com uma filha. "Eu sempre tentei ser o melhor dos padrastos. Como um pai pra Laura. Eu tentava mimá-la, como se fosse minha filha de verdade", fala o agressor, que consegue persuadir a mulher. "Talvez esses carinhos que você deu de coração tenham ficado na cabeça dela, tenham se tornado o alicerce dessas fantasias cruéis", supõe Lorena, que ouve a lamentação de Vinícius afirmando que pode ter sua carreira arruinada por Laura. "Não vou deixar ela te destruir. Vou salvar nosso casamento", promete ela, que deverá insistir para que a filha não denuncie o padrasto.

 

Veja também:

 

PurePeople
  • separator
  • comentários
publicidade