0

'O Outro Lado do Paraíso': Laura pede separação a Rafael. 'Sexo é insuportável'

Traumatizada pelos abusos sexuais do padrasto, ela sofre com a proximidade do marido e pensa em dar um fim à relação

9 jan 2018
18h13
  • separator
  • comentários

Laura (Bella Piero) vai propor colocar um fim em seu casamento com Rafael (Igor Angelkorte) na novela "O Outro Lado do Paraíso". Traumatizada pelos abusos sexuais cometidos por seu padrasto, Vinícius (Flávio Tolenzani), ela sofre nas tentativas do marido em fazer sexo e desabafa com o médico, afirmando que é melhor que os dois tomem rumos diferentes na vida. Mas, segundo o colunista Daniel Castro, Clara (Bianca Bin) consegue convencê-la a procurar uma terapia para enfrentar seus medos.

'Sai da minha cama!'

A lua de mel será o ponto de partida para Laura demonstrar sua aversão à intimidade com Rafael. O amigo de Renato (Rafael Cardoso) fica assustado quando a mulher se desesperar após o casal transar pela primeira vez na noite de núpcias, mas tenta novamente quando os dois retornam ao Tocantins. A reação da filha de Lorena (Sandra Corvelone), no entanto, é ainda mais radical. "Sai da minha cama! Sai da minha cama!", grita, expulsando o rapaz do cômodo.

Laura pede o divórcio a Rafael

Mais calma, Laura informa ao companheiro sua decisão em se separar. "Eu é que... Não consigo, não consigo. Rafael, não sou capaz de ser uma mulher completa pra você. O melhor é separar. Você é boa gente, bonito. Pode encontrar alguém. Eu tenho horror de... Cê sabe", fala. "Você me cobriu de carinhos desde que a gente começou a namorar. Fez tudo do jeito mais gentil. Mas eu tenho alguma coisa errada. Não sou como as outras mulheres. Não suporto nem mesmo ser tocada. No namoro, quando me beijava, eu tinha essa sensação estranha, desagradável. Agora, a intimidade, o sexo... É insuportável. Todas as vezes eu sinto uma dor horrível", continua, tentando se justificar. Rafael, então, a aconselha a procurar ajuda ou talvez até alguma operação para aliviar o incomodo na relação, mas ela descarta a intervenção médica: "Não estou falando só da dor física. É mais que isso. É o toque. O simples fato de ficar com você, na cama, me dá terror. Quando você me abraça... Ah, muitas mulheres se sentiriam protegidas por um abraço. Eu tenho horror! Horror!"

Vinícius é denunciado por enteada: 'Ele é pedófilo'

A ideia de separação ficará - ao menos temporariamente - de lado quando Clara intervir a favor de Rafael, insistindo para que a amiga faça o processo de regressão com Adriana (Julia Dalavia) para descobrir a causa de seus traumas. E é com a hipnose que Laura retoma suas memórias da infância e constata ter sido abusada sexual e psicologicamente pelo delegado casado com sua mãe. "Foi ele. Foi ele que me fez mal. Eu era só uma menina. Só uma menina. Foi ele, o Vinicius. Meu padrasto. E eu era só uma menina. Uma menina", conta a jovem assim que se recorda. "Eu era só uma menina, mas cê me agarrou quando eu brincava com as tartaruguinhas. Me molestou. Ele é pedófilo", continua, em outro momento. Sob a desconfiança de Lorena e sendo apoiada por Rafael, Clara, que já suspeitava da violência de seu inimigo contra a enteada, e por Patrick (Thiago Fragoso), ela se dirige à delegacia e oficializa uma denuncia contra o padrasto.

(Por Carol Borges )

PurePeople

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade