0

'O Outro Lado do Paraíso': Gael pede para deixar prisão mas Clara o despreza

'Agora sente o gosto do próprio veneno', declara a milionária ao ex-marido

6 dez 2017
21h00
  • separator
  • comentários

Clara (Bianca Bin) vai humilhar Gael (Sergio Guizé) depois que ele for preso por tentar estuprá-la na novela "O Outro Lado do Paraíso". O homem, exausto das constantes agressões por parte dos outros detentos, implora para que ela retire a denúncia por agressão e ela aproveita para lembrá-lo das contantes surras que levava no tempo em que foram casados.

'Agora sente o gosto do próprio veneno'

De acordo com o "Observatório da Televisão", Sophia (Marieta Severo), depois de tentar pagar para que o filho saia da penitenciária e agrá-lo ao levar Aura (Tainá Müller) para ter uma visita íntima com ele, consegue adiantar adiantar a audiência do processo. "Gael é acusado de tentativa de estupro e espancamento pela ex mulher, Clara", inicia o juiz Gustavo (Luis Melo). "Exatamente. Eu fiz a denuncia. Meu amigo e advogado Patrick (Thiago Fragoso) me salvou", responde a milionária que retornou a Palmas durante um evento beneficente. Desesperado, Gael resolve apelar para conseguir ficar livre: "Doutor, pelo amor de Deus, me tira daquele presídio. Não suporto mais. Eu levo pau quase todo dia". Clara, então, mostra que as posições se inverteram e o despreza: "Lembra-se de quando era casado comigo e me batia? Eu estava presa, Gael. Agora sente o gosto do próprio veneno".

Patrick impede que Gustavo julgue a causa de Gael

Além da humilhação feita pela ex-mulher, a situação de Gael se agrava quando Patrick descobre que o delegado que o prendeu é filho de Gustavo. "Pai, recebi a denuncia, havia testemunhas e enviei o indiciado pro presídio", afirma o ex-namorado de Raquel (Erika Januza), de quem levará fora ao forçar aproximação. "Como é que é? Pai?", questiona o representante de Clara, recebendo de Bruno a confirmação do parentesco. Patrick, então, pede que o caso não seja julgado pelo marido de Nádia (Eliane Giardini). "Então esse tribunal está impedindo. Como um juiz pode julgar uma causa onde o filho está envolvido?", declara. "Eu peço o impedimento deste tribunal. Vossa Excelência não pode julgar com tantos parentes envolvidos", continua ao constatar que Tônia (Patrícia Elizardo) também é nora do juiz.

Gael é enviado ao presídio: 'Não quero voltar pra esse inferno'

Percebendo que Patrick não irá ceder para que ele julgue o caso, Gustavo decide enviar Gael novamente para a penitenciária até que outro magistrado assuma a situação. "Eu me sinto, sim, em condição de julgar o processo, mas dadas as condições morais, sinto-me obrigado, em nome da lisura deste tribunal, a enviá-lo a outro juiz", declara. Gael pergunta para onde para onde irá e se desespera com a notícia: "Não, de volta não. Clara, eu peço, retire as acusações". Patrick intervém e afirma que Clara não pode ajudá-lo mesmo se quisesse voltar atrás na denúncia. "A mulher não pode retirar uma acusação de espancamento já feita. Faz parte da lei. Para que as mulheres não sejam mais espancadas ainda para retirar a acusação", informa. Sophia tenta interferir no futuro do herdeiro, mas Gustavo ordena que o levem, fazendo Gael ficar histérico: "Eu não quero voltar pra esse inferno. Olha pra mim. Eu não sou bandido. Me ajuda a sair desse lugar, minha família tem grana".

(Por Carol Borges )

PurePeople

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade