0

'O Outro Lado do Paraíso': apaixonada por Patrick, Clara se volta contra Renato

'Planejou tudo para me matar. Não queria minha salvação, mas a minha morte', declara ela sobre o marido de Lívia (Grazi Massafera)

9 nov 2017
21h38
  • separator
  • comentários

Clara (Bianca Bin) vai jurar vingança a Renato (Rafael Cardoso) e viverá uma nova paixão com Patrick (Thiago Fragoso) na novela "O Outro Lado do Paraíso". Depois de passar 10 anos internada em um hospício, a professora fugirá do local com a ajuda do médico que mostrará uma mudança de personalidade no decorrer da história. Mas, em uma conversa com o sobrinho-neto de Beatriz (Nathalia Timberg), ela diz ter constatado que ele queria tirar sua vida ao facilitar a fuga do hospital psiquiátrico. As informações são do portal "Observatório da Televisão".

Renato ajuda Clara a sair de hospício, mas plano de fuga é mudado

Tudo começa com a amizade de Clara e Beatriz no manicômio. A mulher revela ter um tesouro escondido e afirma que deixará parte dele - três quadros avaliados em R$ 150 milhões - como herança para a neta de Josafá (Lima Duarte), a quem ensina regras de etiqueta e novos idiomas. A mãe de Tomaz, então, consegue sair do hospício seguindo um plano de Renato: no dia da morte da idosa da alta sociedade, o médico a coloca dentro do caixão, a dopa e a envia para fora do sanatório com a promessa de resgatá-la em um cemitério. O decorrer da armação, no entanto, é diferente, e Clara é arremessada dormindo no mar.

'Ele dizia que me amava, eu acreditei'

Já em contato com Patrick, novo mocinho da história a quem Beatriz indicou que ela procurasse quando estivesse livre, Clara diz que Renato tentou matá-la. "Então você não fez tudo isso sozinha?", pergunta o advogado. "Não. Havia um médico, Renato. Ele gostava de mim, dizia. Mesmo antes de eu me casar com o Gael (Sergio Guizé). Apareceu no hospício. Falou que conseguiu o emprego para me salvar. Ele criou todo o plano", diz a mulher que foi espancada diversas vezes pelo marido. O parente de Beatriz, então, questiona se ela tinha ciência de que seria arremessada em alto mar, e ela garante que esse não era o combinado. "Eu não sabia. Sempre fazia muito segredo disso. Ele disse que quando estivesse longe da ilha, no continente, convenceria os coveiros a me libertar. Mas o fato é que me deu um remédio para dormir. Só acordei com a água gelada. O horror. Ele dizia que me amava, eu acreditei", diz Clara, afirmando que o intuito do genro de Sophia (Marieta Severo) sempre foi tirar sua vida: "Agora eu sei. Renato planejou tudo para me matar. Não queria minha salvação, mas a minha morte". Além de sua revolta contra a ex-sogra, ela focará sua vingança também em Renato.

Clara vive noite de amor com Patrick

Diferentemente de sua primeira transa com Gael, quando foi estuprada logo depois de seu casamento, Clara vai viver momentos de paixão com Patrick. Os dois ficam amigos desde o momento em que se conhecem e se tornam cada vez mais próximos, já que ele atuará como advogado e terá ajuda da juíza Raquel (Erika Januza) para derrubar a interdição psiquiátrica de Clara. A mulher, sofisticada por sua convivência com Beatriz, terá finalmente a chance de viver uma paixão com direito a noites românticas ao lado de um parceiro na trama das nove.

(Por Carol Borges )

PurePeople

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade