3 eventos ao vivo

Novela 'A Lei do Amor' sofre novas mudanças e Salete troca copo por revólver

Alteração às pressas visa aumentar ainda mais a rejeição a Tião (José Mayer), que vai ser baleado pela dona do posto

5 dez 2016
09h34
  • separator
  • comentários

Seguem as mudanças na novela "A Lei do Amor" como forma de incrementar o folhetim das nove. Após histórias terem sido cortadas, agora algumas tramas estão passando por transformações, às pressas. A intenção é deixar o público com mais raiva de Tião (José Mayer), responsável pelo atentado a Pedro (Reynaldo Gianecchini), no qual o velejador sai com vida.

Em outra cena, o banqueiro tenta intimar Salete (Claudia Raia), quando a dona do posto de gasolina lhe denuncia pela morte de Zelito (Danilo Ferreira), mas acaba levando um tiro da mãe de Jéssica (Marcella Rica). Segundo o colunista de TV Daniel Castro, nesta segunda-feira (5), originalmente Salete iria tacar um copo de refrigerante no vilão. Mas com a alteração, o objeto foi trocado por um revólver.

A dona do posto toma tal atitude quando o ex-marido de Helô (Claudia Abreu) ofende Jéssica. "A sua filha, a Jéssica, que delícia! Que vadia gostosinha", diz. Temendo represália e revoltada por não ter conseguido matar Tião, a empresária consegue convencer a filha a prestar queixa contra o amante pelas agressões sofridas. Já na saída da delegacia, onde é enquadrado na Lei Maria da Penha, o banqueiro leva soco de Bruno (Armando Babaioff), que engata namoro com a garota de programa. O vilão também vai apanhar de Pedro.

Roteiros seguem sendo alterados

Com tais mudanças para aumentar a audiência, feitas após telespectadores apontarem insatisfação, "A Lei do Amor" tem deixado de lado núcleos secundários, a serem desenvolvidos mais para a frente. As alterações já estão surgindo efeito no Ibope. Ainda de acordo com o colunista, Jéssica não iria denunciar Tião e Pedro não sofreria tentativa de assassinato, na primeira versão dos capítulos distribuídos à produção.

No atentado, Valdir (Marco Marcondes) é convocado pelo pai de criação de Letícia (Isabella Santoni), por quem será desmascarado, a matar o arquiteto, que acaba cercado por Fininho (Hugo Resende) e seus comparsas. Embora saia com vida, Pedro fica muito machucado pela surra. E em conversa com Helô e Letícia, o arquiteto deixa claro que foi Tião quem o mandou matar.

(Por Guilherme Guidorizzi)

PurePeople

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade