2 eventos ao vivo

'A Lei do Amor': Mág mata Élio e tenta incriminar Tião

A megera cometerá um novo assassinato após descobrir que o jornalista roubou o celular com a confissão de seus crimes

21 fev 2017
11h10
atualizado às 12h03
  • separator
  • comentários

Magnólia (Vera Holtz) vai atacar de assassina mais uma vez em "A Lei do Amor", após cometer crimes contra Beth (Regiane Alves), Suzana (Regina Duarte) e Fausto (Tarcísio Meira). Segundo informação publicada na coluna da jornalista Patrícia Kogut, a vítima da vez será Élio (João Campos), que acabará morrendo com um tiro no peito disparado pela megera nos próximos capítulos da trama de Maria Adelaide Amaral.

Tudo começa quando o jornalista consegue roubar o celular de Tião (José Mayer), que contém todas as provas gravadas contra a vilã, incluindo - principalmente - a confissão sobre o assassinato de Beth filmada por Ciro (Thiago Lacerda). Mág, então, descobre que o aparelho está nas mãos do affair de Marina (Alice Wegmann) e decide ir atrás do rapaz para pegar o celular de volta. A vó de Tiago (Humberto Carrão) coloca o marido, com quem casou em uma cerimônia para apenas dois convidados, para dormir com a ajuda de um sonífero e, ao ver que o mesmo está dormindo, pega a sua arma com cuidado.

Revoltada, Mág invade a casa de Élio (que estará com a porta entreaberta) e decide pegar o aparelho de volta, mas logo é descoberta. "O que a senhora está fazendo aqui?", questiona Élio. A megera não conta a verdade, diz que está atrás de Ana Luiza (Bianca Müller), mas não disfarça e se apressa para pegar o celular. "Pra você fazer tanta questão assim desse celular, é porque ainda não teve tempo de enviar este vídeo pra ninguém!", afirma a vilã ao ver o aparelho em cima da mesa.

Élio, então, ameaça: " Mas é o que vou fazer agora. E todo mundo vai saber de todos os crimes que você cometeu. Contra o Fausto (Tarcísio Meira) , a minha tia, a Beth, todo mundo. Esse vídeo vai pra i nternet. E você, pra cadeia. ", diz o jornalista, que ao lembrar que seu computador estará ligado, tenta virar a câmera discretamente na direção da vilã. Se você não fosse tão enxerido, eu simplesmente pegava o celular de volta e ia embora. Mas você chamou um hacker , conseguiu acesso ao vídeo. Eu detesto ter que tomar essas medidas extremas. Mas são vocês que me levam a isso", diz Mág sacando a arma com uma luva.

Tiro à queima-roupa

Decidida a matar Élio, Magnólia, que a esta altura já terá esfaqueado Tião em sua noite de núpcias, aproveita o barulho no condomínio do rapaz para atirar em cheio contra ele, que cai no chão após o disparo. " É muito triste morrer tão jovem. Mas não se pode ter tudo. Mande um abraço pra sua tia, quando encontrá-la no inferno", ironiza a vilã, que volta a atirar no jornalista. A matriarca dos Leitão, então, arma a cena do crime: ela coloca a arma ao lado do corpo (na intenção de incriminar Tião), destrói o celular com um martelo, coloca o aparelho em um saco e deixa a casa procurando por possíveis rastros.

Mas o crime, obviamente, não passa despercebido. Ao perceber a ausência do namorado, Ana Luiza liga para Pedro (Reynaldo Gianecchini) para saber sobre o amado. O pai de Letícia (Isabella Santoni), então, acompanha a moça até a casa do jornalista, onde encontra o corpo do namorado. De cara, Pedro levanta a possibilidade do crime ter sido cometido por Tião ou Mág, e chama a polícia: " O Elio pegou o celular do bandido no hospital. Ele ficou sabendo que o vídeo que o Ciro (Thiago Lacerda) gravou com a confissão da Mag tava lá. Mas não é improvável que tenha sido a Magnólia. Ela devia saber o que o celular do marido continha. E viria resgatá-lo, se descobrisse que o aparelho estava com o Elio", diz o velejador.

"Seja lá quem for, a arma do crime tá aqui", diz um policial. " O que importa é que a perícia vai dizer de quem era essa arma e se os tiros partiram dela! Aí, meu amigo, o dono da arma vai ter que se explicar!", conclui.

Veja também:

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade