0

Neymar explica constantes mudanças de visual: 'Gosto das palhaçadas'

Craque do Paris Saint-Germain sempre aparece com um novo corte, cor ou penteado. Na série 'Ask Neymar Jr.', o atleta falou sobre seus looks nos jogos. 'Sempre gostei de mudar as coisas e o cabelo é a primeira coisa que me encanta mudar para algo novo. Mas eu sou um pouco mais louco e posso fazer tudo', disse o atacante, bem-humorado, ao responder uma pergunta do jogador Suárez

5 dez 2018
13h51
atualizado às 13h53
  • separator
  • comentários

Vaidoso, Neymar gosta de mudar o cabelo! Na nova série "Ask Neymar Jr.", o craque - que sempre aparece com um novo corte, cor ou penteado -, explicou para o jogador Suárez as constantes mudanças de visual. "Eu não sei! Sempre gostei de mudar as coisas e o cabelo é a primeira coisa que me encanta mudar para algo novo. E, bom, não sei porque eu gosto das palhaçadas! Mas, na verdade, eu sei que você gosta! Mas eu sou um pouco mais louco e posso fazer tudo", falou. Para a estreia contra a Suíça na Copa do Mundo na Rússia, o atleta apareceu com cachos longos e mais loiros durante um treino da seleção brasileira. Depois, o craque surgiu com um certo volume no topete e laterais raspadas.

Relembre mudanças de visual do jogador

Na mesma época, Neymar exibiu os fios mais curtos em jantar com amigos e familiares, em Sochi. Ao desembarcar na cidade de Samara, onde o Brasil enfrentou o México pelas oitavas-de-finais, o jogador ostentou as madeixas castanhas. Para a Liga dos Campeões, em outubro, o craque deu um tapa no visual com o cabeleireiro, Tenório Wagner, responsável pelos looks do craque há anos, e deixou as laterais raspadas e um topete dourado para partida do Paris Saint-Germain contra a Estrela Vermelha. No mesmo mês, o atacante adotou cabelo liso e topete em um treinamento da Seleção Brasileira em Londres enquanto se preparava para enfrentar a Arábia Saudita.

Craque lembra última partida pelo Santos

No episódio, Neymar também falou sobre o passado da carreira. Em maio de 2013, o atleta chorou durante a última partida pelo Santos. O jogo, contra o Flamengo, terminou em 0x0 no Estádio Nacional Mané Garrincha, em Brasília. "Infelizmente a partida não foi na Vila Belmiro e claro que eu queria muito que fosse lá para que pudesse sentir a sensação de estar lá novamente, sentir a torcida, mas enfim... Também foi maravilhoso porque os torcedores que foram corresponderam da melhor maneira possível. Meus companheiros também me ajudaram muito, foi um dia muito difícil para mim por estar abandonando meu país, minha família, um ambiente maravilhoso que tínhamos... Ir para um lugar onde eu não conhecia, uma cultura nova, um país novo e graças a Deus vem dando tudo certo", declarou para Léo em vídeo.

(Por Patrícia Dias)

PurePeople

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade