3 eventos ao vivo

MP vai receber inquérito após polícia indiciar marido de Carol Bittencourt.Saiba

Jorge Sestini, marido de Carol Bittencourt, foi indiciado por homicídio culposo (quando não há intenção de matar) no acidente que vitimou a modelo, no litoral de SP em abril. Documentação será encaminhada para o Ministério Público, que pode pedir o arquivamento ou que Jorge responda judicialmente. Nesse caso, o empresário pode pegar até três anos de detenção

17 ago 2019
12h35
  • separator
  • 0
  • comentários

Viúvo de Carol Bittencourt, Jorge Sestini foi indiciado pela morte da mulher após acidente de barco em abril durante temporal em Ilhabela, litoral de São Paulo. A informação é do portal "G1". O empresário vai responder por homicídio culposo, ou seja, não houve intenção de matar. Carol tinha 37 anos e deixou uma filha, de 15, responsável por organizar bazar beneficente com as peças do seu closet. Agora, o inquérito será encaminhado para o Ministério Público, que não tem prazo para se manifestar e pode tomar três decisões. Na primeira, pedir o arquivamento do caso. Na segunda hipótese, Jorge responderia judicialmente pela morte da modelo (podendo ser condenado de um a três anos de prisão), com quem fazia o passeio. E na terceira, a polícia seria acionada para novas diligências.

Entenda a denúncia contra o viúvo de Carol

Durante a tempestade, Carol teria entrado em pânico para tentar salvar os seus cachorros que estavam na embarcação e não se segurou direito no barco, provocando sua queda, de acordo com relato de Giba Ruiz Vieira, seu ex-marido e pai de Isabelle. De acordo com o delegado Vanderlei Almeida Filho, Jorge foi imprudente ao fazer o passeio com ventos acima de 100km/h em uma embarcação inapropriada. Pesou contra o empresário depoimentos e provas que ele tinha noção das qualidades de tempo adversas. O proprietário de uma marina, Leonildo de Oliveira, entregou áudios nos quais relatou ao viúvo de Carol em relação ao clima ruim. Na última gravação compartilhada em rede social, a modelo mostrou o céu limpo no começo do passeio. O inquérito lembrou ainda que Carol não usou colete salva vidas e que o marido deveria ter lhe pedido ou exigido que colocasse o acessório. A morte da modelo gerou comoção entre os amigos, que a homenagearam durante desfile no qual Carol era uma famosas esperadas.

Viúvo de Carol explicou falta de uso do colete salva vidas

Após o acidente, Jorge pulou nas águas para tentar salvar a mulher, não conseguiu e o acabou precisando de ajuda para ser resgatado. O laudo apontou como "asfixia mecânica por submersão em meio líquido" como a causa da morte de Carol. Em depoimento à polícia, o empresário alegou que nem ele e nem a mulher usaram o colete durante o passeio porque as condições climáticas eram normais. Nascida em São Paulo, Caroline Bittencourt chegou a ser repórter de programas de televisão e rainha de bateria da Unidos do Peruche no carnaval de São Paulo em 2011. Ao longo da carreira, desfilou para grifes como TNG e La Belle Bandage.

(Por Guilherme Guidorizzi)

PurePeople
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade