1 evento ao vivo

Marieta cogitou largar carreira por cenas em 'O Outro Lado'

Intérprete da vilã Sophia na novela 'O Outro Lado do Paraíso', a atriz teve dificuldades para aceitar as cenas em que sua personagem humilhava Estela, vivida pela artista Juliana Caldas. 'Falei: 'Vou largar a profissão, não quero sofrer ou causar sofrimento'. Foi doloroso, matar foi moleza perto disso', declarou ela, que define a mau-caráter como 'patética, risível'

7 mai 2018
11h37
atualizado às 12h13
  • separator
  • 0
  • comentários

Em seus últimos capítulos, a novela "O Outro Lado do Paraíso" foi uma grande provação para Marieta Severo. Dando vida à Sophia, a vilã que cometeu muitos assassinatos se tornando uma serial killer e terá um desfecho trágico na história escrita por Walcyr Carrasco, ela pensou em abandonar a carreira de atriz devido às cenas de agressão verbal e física com Estela, personagem interpretada pela atriz com nanismo Juliana Caldas que estreou na televisão na trama das nove.

Atriz achou mais fácil encenar assassinatos do que maus-tratos com filha

Marieta Severo, que revelou ter chorado durante o workshop por causa da rejeição da mulher pela filha por sua condição física, disse ao jornal "O Globo" ter levado tempo para entrar no papel e gravar as cenas com mais tranquilidade. "Quando fiz a preparação com a Juliana (Caldas), foi difícil. Aos poucos, com o domínio do personagem, você faz tudo justificado. Para nós, atores, isso é concreto", disse a artista sobre a ambiciosa que não se regenera no fim da trama. "Contavam com a minha experiência para chacoalhar a Juliana. Ela tinha que entrar no mundo doloroso de uma mãe tóxica, que renega e agride. Mas era eu, Marieta. Aí falei: 'Vou largar a profissão, não quero sofrer ou causar sofrimento'. Foi doloroso, matar foi moleza perto disso", declarou Marieta.

'Me faz ir para uma zona sombria do ser humano', diz atriz sobre Sophia em novela

A experiência de gravar como Sophia - atualmente vítima de um AVC e recebendo os cuidados de Estela, a quem renegou durante toda a vida, chegando a mandá-la para o exterior e, no Brasil, a escondeu de eventos sociais e a obrigou a se mudar para uma casa afastada em Pedra Santa - vai fazer falta para Marieta Severo. "Gosto de vivê-la na situação da vida dela. Me faz ir para uma zona sombria do ser humano. E o humor negro do texto é um apoio para mim como atriz. Sophia acaba sendo patética, risível", afirmou a atriz, elogiada por Juliana Caldas devido à sua preocupação durante as gravações da novela. Marieta afirmou ter aprendido a lidar com o fim das obras em que trabalha: "Dói. Antes, pensava 'como vou viver?'. Hoje, tô mais cascuda. É uma vida paralela que ocupa muitos espaços nossos, é avassalador. Mas a gente aprende. O tempo não faz só estrago, não. No início da carreira, o rompimento das relações com as pessoas com quem eu trabalhava era dificílimo. Tentava que elas ficassem, mas cada um vai pra sua vida".

 

Veja também:

PurePeople
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade