0

Luana Piovani nega corte de fala de Xuxa sobre maconha

Mãe de Sasha revelou que a filha já lhe fez proposta para experimentar maconha

8 mai 2019
12h17
atualizado às 13h34
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator

Luana Piovani garantiu na coletiva de lançamento do seu programa, Luana é de Lua, que a declaração de Xuxa Meneghel sobre maconha envolvendo a filha, Sasha, não será cortada na edição. Na atração que estreia dia 25 de junho no canal pago E!, a apresentadora contou que a filha lhe fez uma proposta ao admitir que faz uso da erva. Tal declaração não teria sido bem recebida pela cúpula da emissora de Edir Macedo.

Luana Piovani recordou agressão sofrida no passado: 'Luta para mim é um lugar difícil, falar sobre agressão, assistir. Isso me coloca em um lugar que não é confortável'
Luana Piovani recordou agressão sofrida no passado: 'Luta para mim é um lugar difícil, falar sobre agressão, assistir. Isso me coloca em um lugar que não é confortável'
Foto: AGNews / PurePeople

"Se tem uma coisa que a Record deu para a Xuxa foi asas. A maneira que você encontra ela na Record eu nunca tinha visto. E primeiro que quem manda lá na minha casa sou eu", garantiu a entrevistadora. Segundo que é a Xuxa, ninguém liga pra ela pra saber se pode falar ou não. É a Xuxa. Como ela, não existe outra. Foi libertador o que ela falou. Achei ótima a repercussão", acrescentou Luana, que surgiu usando uma muleta após se submeter a cirurgia no joelho, na semana passada.

Ex de Luana, Pedro Scooby é um dos convidados do programa

Nas entrevistas, Luana, atualmente morando em Portugal, vai abordar diversos temas. Desde a monogamia passando pelo assédio e fantasias sexuais. Nesse caso, tema do primeiro programa, a atriz conversa com Pedro Scooby, de quem se separou em março passado após oito anos de relacionamento. E a loira descarta qualquer incômodo em relação a isso. "Eu tenho o maior orgulho dele. Tô super feliz. A gente tem uma relação ótima. Não me incomoda em nada. Pelo contrário. É uma pessoa brilhante. Ele só tá abrilhantando o meu programa", afirmou ela, que já havia exaltado o ex-marido. Com uma segunda temporada já assegurada, Luana vai receber, entre outros, nessa primeira leva de dez episódios, o lutador José Aldo e Victor Fasano.

'Não gosto de luta, sofri uma agressão', lembrou Luana

Em outro momento da coletiva, a mãe de Dom, de 8 anos, Bem e Liz, ambos de 3, comentou o crescimento do feminismo no país. "A gente vivia à margem, como se não fosse existir esse espaço que a gente queria. A gente sentia falta, mas não sabia exatamente como buscá-lo e agora descobrimos que é com a união e com a voz. A gente tem que falar. A gente tem que se abrir, debater, se ouvir, trocar. Eu acho isso muito positivo", apontou Luana, recordando ainda um episódio que viveu no passado. "Eu não gosto de luta, eu sofri uma agressão. Luta para mim é um lugar difícil, falar sobre agressão, assistir. Isso me coloca em um lugar que não é confortável", frisou Luana, que atribuiu à violência urbana a decisão de se mudar para a Europa, fato que a levou às lágrimas.

Veja também:

 

PurePeople
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade