0

Lifting: veja como Juliana Paes combate a flacidez do rosto

Ao Purepeople, dermatologista da atriz explicou procedimento com Ulthera

26 ago 2017
06h22
atualizado às 09h38
  • separator
  • comentários

Para combater a flacidez no rosto, Juliana Paes, adepta da malhação em jejum intermitente - estratégia de emagrecimento que não é considerada dieta - se entregou ao Ulthera, um ultrassom microfocado indicado especialmente para a face, pálpebras, pescoço e colo. "Seu grande diferencial é sua capacidade de atingir a derme profunda e tratar a musculatura facial, que também sofre os efeitos do tempo, perdendo o tônus e ocasionando a flacidez da pele. Ele melhora o contorno facial, a firmeza e o tônus muscular ao promover um aquecimento das camadas mais profundas da pele", afirmou Dra. Paula Bellotti, dermatologista da atriz.

'Ele produz um efeito lifting imediato', diz profissional

Aos 38 anos, Juliana Paes, que cuida do desenho das próprias sobrancelhas, viu no procedimento uma saída para um rejuvenescimento natural sem cirurgia. "Ele produz um efeito lifting imediato, que fica ainda melhor após três meses. O Ulthera também age promovendo a produção de colágeno novo, mantendo a pele jovem e firme por mais tempo", explicou a profissional. O ultrassom, no entanto, é indicado para casos de flacidez leve a moderada. "Para casos de flacidez mais avançada, o lifting cirúrgico ainda é mais indicado, mas trata-se de um procedimento invasivo, enquanto o Ulthera é feito sem cortes", comparou.

Tratamento pode ser feito em apenas uma sessão

Segundo Paula Bellotti, em apenas uma sessão, que dura cerca de 40 minutos, já é possível obter excelentes resultados. "Cada caso é um caso, mas em geral preconizamos apenas uma sessão por ano para manutenção dos resultados", disse ela, que garantiu não haver efeitos colaterais: "Inclusive uma vantagem do tratamento é que ele não tira o paciente da sua rotina, cabendo somente cuidados básicos, como o uso de filtro solar diariamente e evitar a exposição direta ao sol logo após se submeter ao procedimento".

Sessões podem custar a partir de R$ 2.900

Apesar do procedimento ser feito sem cortes, ele pode causar um leve desconforto no rosto. "Depende da área a ser tratada, pois algumas são mais sensíveis. Mas aplicamos um creme anestésico tópico cerca de meia hora antes de o paciente se submeter ao procedimento", detalhou Paula. Os preços também variam de acordo com a região da face onde será feito o tratamento. No Rio de Janeiro, algumas clínicas cobram a partir de R$ 2.900 por sessão, mas esse valor pode se multiplicar em algumas vezes de acordo com a avaliação profissional.

Ultraformer 3 promete ser substituto do Ulthera

Considerado um grande avanço na área da estética por tratar a flacidez em todos os níveis e camadas da pele de forma não-invasiva, chegando até a musculatura facial, o Ulthera já conta com uma versão mais moderna: o Ultraformer 3. "É um ultrassom micro e macrofocado, ou seja, com ponteiras para face e corpo, que nos permite tratar áreas maiores, inclusive com gordura", disse Paula Bellotti.

PurePeople

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade