3 eventos ao vivo

Juliana Alves retorna à Sapucaí com look transparente: 'Força de ser mãe'. Fotos

A atriz levou Yolanda para os bastidores do desfile nesta segunda-feira (12)

12 fev 2018
23h13
  • separator
  • comentários

Juliana Alves voltou à Sapucaí nesta segunda-feira (12) como rainha da Unidos da Tijuca, escola que vai homenagear Miguel Falabella em seu enredo, "Um Coração Urbano: Miguel, o Arcanjo das Artes, Saúda o Povo e Pede Passagem". Mãe da pequena Yolanda, de 4 meses, por quem conciliou maternidade e a preparação para o Carnaval, a atriz explicou que a filha só fez sua paixão pelo Carnaval aumentar. "Esse ano é muito especial, eu venho com ainda mais força, a força de ser mãe, além do meu amor pela escola", destacou em entrevista ao "G1", contando que levou a bebê para os bastidores: "Ela está aqui pertinho, eu estava amamentando até agora". Para o grande dia, ela adotou uma fantasia com body de cristais e costeiro verde azulado.

'Sabia que ia ser corrido', conta Juliana

Para ficar mais tempo com Yolanda, Juliana chegou na concentração a poucos minutos do desfile começar e disse que não vai assistir no Sambódromo as escolas seguintes. "Agora, a prioridade é ela. Menos tempo aqui com vocês e mais tempo com ela. Eu sabia que iria ser corrido assim. Obrigada pela compreensão", afirmou. Em entrevista à Fátima Bernardes no camarote Globeleza, ela acrescentou: "Yolanda ficou com a vovó e com o papai, aqui do lado, daqui a pouco estou com ela".

Atriz valoriza fim dos padrões: 'Não precisamos ser magra'

Aconselhada por Ivete Sangalo após uma reflexão sobre maternidade na web, Juliana destacou, em entrevista anterior, a necessidade da autoaceitação. "Nós podemos! Não precisamos ser magras, nem de barriga tanquinho nem bumbum na nuca não! Podemos sim respeitar o tempo dos nossos corpos e o momento dos nossos bebes recém-chegados! Somos muito mais que isso! Sou atriz e mantenho meu sucesso profissional pelo trabalho que realizo. Sou mulher que pensa, critica, contesta a realidade e luta pelos nossos direitos e sim, continuo sendo rainha de bateria da minha Tijuca, pela minha raiz, pela minha arte e minha cultura, pelo conhecimento de causa e relação com toda minha comunidade!", exclamou.

Claudia Raia representou Mulher-Aranha em desfile

Quem também cruzou a Sapucaí na homenagem a Miguel Falabella foi Claudia Raia: mesmo sendo torcedora fiel da Beija-Flor, ela se fantasiou de Mulher-Aranha para a Unidos da Tijuca. "Pedi autorização da minha Beija-Flor para poder sair. Me aguardem que eu volto. O Miguel é acima de qualquer coisa. É meu amigo, meu irmão, meu companheiro de trabalho", afirmou.

(Por Marilise Gomes)

PurePeople

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade