0

José Mayer nega ir à Justiça por ser acusado de assédio

Procurada pelo Purepeople, a assessoria do apresentador indicou que ele não pretende recorrer juridicamente

30 mai 2017
21h16
atualizado em 31/5/2017 às 14h08
  • separator
  • comentários

José Mayer negou, na terça-feira (30), que teria o desejo de acionar a Justiça após ser acusado pela figurinista Su Tonani de assédio sexual nos bastidores da novela "A Lei do Amor", como indicou o colunista Flávio Ricco. "A informação não procede, ou seja, o José Mayer não entrará na Justiça", esclareceu a assessoria de imprensa do ator ao Purepeople.

Em outro depoimento, Su Tonani deu fim a rumores de que ela e o veterano tinha um caso extra-conjugal e mostrou-se bastante chateada. "Eu fui vítima de assédio sexual. E agora estou sendo vítima novamente. Das especulações que colocam dúvidas sobre a minha dor. E me fazem revivê-la", escreveu. No mesmo texto, ela explicou a razão de não ter prestado queixa após o episódio: "O silêncio. É o que eu quero. Não o silenciamento coercitivo. O silêncio que eu escolho. A minha vida de volta. (...). A minha história é a história de uma mulher jovem que não aceitou o assédio de um homem com mais poder que ela. Neste caso, o ator rico e famoso. O Brasil não está acostumado a lidar com este tipo de história. Eu sei. Homens descobriram que o mundo mudou. Falamos de assédio em espaços de poder antes impermeáveis a este debate. Me orgulho de ter contribuído como pude para isso".

Veja também

PurePeople

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade