0

Jolie nega que R$ 30 mi cedidos por Pitt foram para filhos

Atriz afirmou que a quantia não foi diretamente para os herdeiros e acusou o ator de agir de forma enganosa e imprecisa

9 ago 2018
17h51
atualizado às 18h05
  • separator
  • comentários

Angelina Jolie e Brad Pitt voltaram a trocar acusações após a atriz declarar que o ex-marido não paga pensão suficiente aos seis filhos do casal. Após o pai de Maddox, Pax, Zahara, Shiloh, Vivienne e Knox argumentar no Tribunal Superior de Los Angeles ter concedido aos herdeiros aproximadamente R$ 5 milhões desde o divórcio, iniciado em setembro de 2016, e cerca de R$ 30 milhões para a atriz comprar uma nova casa, a estrela do filme Malévola, arrasada com a briga judicial pela custódia das crianças, dirigiu um comunicado à revista "People" por meio de sua advogada, Samantha Bley DeJean, para expor sua perspectiva da história.

Brad Pitt afirmou ter dado cerca de R$ 5 milhões para Angelina Jolie e os filhos desde o divórcio, em setembro de 2016
Brad Pitt afirmou ter dado cerca de R$ 5 milhões para Angelina Jolie e os filhos desde o divórcio, em setembro de 2016
Foto: Getty Images / PurePeople

'Um empréstimo não é pensão para as crianças'

De acordo com a mensagem, a atitude de Angelina Jolie "foi legalmente apropriada e factualmente precisa em todos os aspectos". "O que foi apresentado pelo lado de Brad hoje é uma tentativa gritante de ofuscar a verdade e desviar a atenção do fato de que ele não cumpriu integralmente suas obrigações legais de apoiar as crianças", declara a carta redigida pela advogada de Jolie, obrigada por juiz a aumentar o contato de Pitt.

Samantha Bley DeJean ainda explica o valor indicado pelo ex-marido de sua cliente em sua defesa: "Após o incidente de setembro de 2016, Angelina e as crianças precisaram se mudar da casa da família, já que Brad preferiu ficar com ela, incluindo todo o seu conteúdo". O comunicado afirma que o artista foi "convidado a ajudar na compra de uma nova casa para Angelina" e seus seis filhos, mas que "emprestou dinheiro e está cobrando seu interesse em um plano de pagamento". Mesmo declarando que Jolie honra a atitude do ex-marido, ela declarou: "Um empréstimo não é, no entanto, pensão para as crianças e representá-lo como tal é enganoso e impreciso".

Angelina Jolie quer que Brad Pitt pague metade das despesas dos filhos

A proposta de Angelina Jolie é fazer "Brad pagar 50% das despesas das crianças", já que, segundo a defesa afirma, ele não pagou até hoje. "Angelina teve que arcar com a maioria deles sem sua contribuição nos últimos dois anos. A pensão não é opcional na Califórnia", declarou Samantha Bley DeJean. "Tipicamente, um pai com condição pagaria essas despesas voluntariamente, sem a necessidade de um pedido ou ordem judicial. Estamos esperançosos de que isso possa ser resolvido sem mais demora", afirmou a advogada da artista que ainda guarda um trunfo contra seu ex-marido.

Veja também:

'Sempre seremos uma família', diz Angelina Jolie ao falar pela 1ª vez de divórcio com Brad Pitt

 

PurePeople

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade