1 evento ao vivo

Joaquim Lopes chora ao se despedir de 'Vídeo Show'

O artista deixou o programa vespertino para contracenar em 'Orgulho e Paixão'.

12 jan 2018
16h56
atualizado às 17h33
  • separator
  • comentários

Joaquim Lopes apresentou nesta sexta-feira (12) seu último "Vídeo Show": agora, ele vai se dedicar à dramaturgia na Globo e viver o vilão da novela "Orgulho e Paixão", com estreia prevista para março deste ano. E não conseguiu conter as lágrimas ao ouvir um depoimento de Otaviano Costa. "Mesmo estando de férias do outro lado do mundo - estou em Dubai, para ser mais exato no meio do deserto, num acampamento beduíno - eu fiz questão de vir até aqui para dar meu beijão pra você e desejar boa sorte. E dizer que eu te amo e te respeito. Obrigada por tudo. Assim como os beduínos, que celebram a vida, que estão sempre em peregrinação pelo deserto, procurando novas casas, novos locais. Boa sorte para você, beduíno, na sua nova casa. Essa nossa casa aí, o nosso Vídeo Show, sempre vai estar de portas abertas. Fica com Deus, com Alla, e boa sorte", contou o marido de Flávia Alessandra, com quem renovou os votos de casamento na Tailândia. "Te amo, meu irmão, obrigada por tudo", respondeu Joaquim, no estúdio.

Ao encerrar o vespertino, Sophia ficou com a voz embargada. "Chegou a hora que a gente tentou adiar muito, mas não teve jeito, depois de 3 anos o Joca vai deixar o 'Vídeo Show'. Eu queria te agradecer por essa parceria. Você me recebeu de braços abertos, Joca, foi difícil, você sabe a luta que é aqui", contou a jovem, dona do hit "Rebola". Joaquim - que já havia se emocionado em seu último programa ao vivo com Otaviano - então, incentivou a amiga: "Você é talentosa, garota! Vai longe!"

Em seu depoimento final na atração, que tem Adriane Galisteu como nome cotado para integrar o elenco, Joaquim acrescentou: "Foi realmente uma honra fazer parte dessa família. Eu tenho que agradecer profundamente a essa equipe: garanto a vocês que é a melhor equipe que já trabalhei em toda a minha vida. Câmeras, caracterização, figurino, direção, são professores. Quando entrei aqui o meu primeiro diretor disse: 'Joca, o público é Deus'. Eu não entendi direito o que ele quis dizer, mas hoje eu entendo. Não tem nada mais honrado do que levar sorriso e entretenimento. Obrigado pelo carinho. Obrigada pelas críticas e através delas a gente cresce. Nos últimos três anos eu fui feliz e sabia".

Veja também

 

PurePeople

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade