0

Humberto Martins assume papel de José Mayer em novela

Veterano foi afastado de 'O Sétimo Guardião' após denúncia da figurinista Su Tonani

14 mai 2017
10h01
atualizado às 10h59
  • separator
  • comentários

Atualmente no ar em "A Força do Querer", Humberto Martins assumiu o papel de José Mayer na novela "O Sétimo Guardião" depois de o veterano ser afastado dos trabalhos na TV Globo após a denúncia de assédio da figurinista Su Tonani. O autor Aguinaldo Silva se mostrou contra a saída do ator do folhetim. No entanto, o escritor foi voto vencido na emissora, segundo informação da coluna "Gente Boa", do jornal "O Globo".

Humberto Martins assumiu o papel de José Mayer na novela 'O Sétimo Guardião' após a denúncia de assédio
Humberto Martins assumiu o papel de José Mayer na novela 'O Sétimo Guardião' após a denúncia de assédio
Foto: Divulgação, TV Globo / PurePeople

'Não dar visibilidade', diz diretor sobre saída de Mayer

O diretor geral da TV Globo Carlos Henrique Schroder anunciou a saída de Mayer da obra e justificou que a política da emissora é apurar denúncias dentro do canal. "A Globo decidiu não escalar José Mayer para a próxima novela das nove de Aguinaldo Silva, prevista para ir ao ar em 2018. Essa é uma atitude isenta e responsável da Globo de não dar visibilidade a uma das partes envolvidas numa questão que é visceralmente contra tudo que a Globo acredita. E não é uma atitude isolada. A atitude da Globo será sempre essa. A de defender que casos como esse devem ser apurados, ouvindo e oferecendo todo apoio às duas partes, dando possibilidade para que a verdade aflore e criando condições para que não se repitam."

Su Tonani nega affair com veterano

Su Tonani negou os rumores de que teve um affair com Mayer pouco antes de denunciá-lo por assédio. "Eu fui vítima de assédio sexual. E agora estou sendo vítima novamente. Das especulações que colocam dúvidas sobre a minha dor. E me fazem revivê-la", disse. Aliás, a figurinista disse que não depôs contra o veterano por ter conseguido justiça e fez um pedido: "O silêncio. É o que eu quero. Não o silenciamento coercitivo. O silêncio que eu escolho. A minha vida de volta. (...). A minha história é a história de uma mulher jovem que não aceitou o assédio de um homem com mais poder que ela. Neste caso, o ator rico e famoso. O Brasil não está acostumado a lidar com este tipo de história. Eu sei. Homens descobriram que o mundo mudou. Falamos de assédio em espaços de poder antes impermeáveis a este debate. Me orgulho de ter contribuído como pude para isso".

(Por Tatiana Mariano)

Veja também

 

PurePeople

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade