1 evento ao vivo

Henrique Fogaça anuncia julgamento de hater que ofendeu sua filha: 'Justiça'

O chef e jurado do 'MasterChef Brasil' contou, nas redes sociais, que sua filha Olívia foi alvo de comentários maldosos na web e, quatro anos depois, o caso será julgado. 'Está nas mãos de Deus e que a justiça seja feita. O objetivo dessa postagem é incentivar as pessoas a não se calarem diante de situações como essa descrita. A justiça tarda, mas não falha', escreveu Fogaça.

10 jul 2018
21h09
atualizado em 11/7/2018 às 14h57
  • separator
  • comentários

Henrique Fogaça é conhecido pelo jeito durão como jurado do "MasterChef Brasil", que garante a ele até críticas de participantes, mas é um emotivo assumido! O chef usou as redes sociais para abrir o jogo sobre um problema nas redes sociais envolvendo sua filha Elisa, de 11 anos e portadora de necessidades especiais - já mencionada por ele durante o reality culinário. Um internauta ofendeu a menina e Fogaça descobriu a identidade dele, recorrendo judicialmente dos comentários. Agora, quatro anos mais tarde, o hater será julgado. "Dia 10/11/2014. Minha filha Olivia completava 8 anos de idade, eu postei essa foto para parabenizá-la. Nesse mesmo dia estava passando um episódio do Masterchef em que os participantes iriam cozinhar caranguejos. Quando olhei as mensagens havia um comentário de 'Paco suesa', um perfil fake que era usado para ofender as pessoas na internet", escreveu.

'Justiça tarda, mas não falha', escreveu

Em seu relato, o dono dos restaurantes Cão Veio, assaltado em setembro do 2017, e Sal Gastronomia contou as frases ofensivas dirigidas à menina: "Ele escreveu se referindo à Olívia 'gosta de transformar seres inferiores em fezes? Gosta de ferver animais vivos? Esfola essa aí que tem menos capacidade mental que os porcos. Ferve essa aí que não consegue se virar sozinha, diferentemente dos caranguejos'. Passaram 4 anos e agora ele vai ser julgado. Está nas mãos de Deus e que a justiça seja feita. O objetivo dessa postagem é incentivar as pessoas a não se calarem diante de situações como essa descrita. A justiça tarda, mas não falha".

Avó ajudou Fogaça a aprender a cozinhar: 'Pedi umas dicas'

Em entrevista anterior, o chef contou que sua relação com a cozinha tem um quê familiar. "Um dia, resolvi cozinhar, liguei para minha avó e pedi umas dicas. Ela ia falando e eu ia fazendo. Quando me dei conta, estava todo dia fazendo uns rangos e pirando. Aí come­cei a fazer uns jantares para alguns vizinhos e a coisa foi indo, mano, automática. Já estava totalmente envolvi­do", disse.

(Por Marilise Gomes)

PurePeople

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade