0

Gabriela Pugliesi revela que já fez dieta do capuccino

Blogueira fitness fala sobre medidas extremas que já apostou para emagrecer e garante: "no fundo, comeria uma pizza".

19 mai 2017
12h37
atualizado às 17h40
  • separator
  • comentários

Gabriela Pugliesi inspira seus mais de 3,4 milhões de seguidores diariamente nas redes sociais, tanto exibindo seu corpo sarado ao posar de biquíni quanto mostrando sua rotina, alimentação e paixão por exercícios físicos. Mas quem vê a musa fitness fazendo tanto sucesso com o corpo, não imagina as medidas extremas que a mesma já adotou para se livrar dos quilos a mais ou a paixão que tinha por alimentos nada saudáveis. No 'Programa do Porchat' de quinta-feira (18), a influenciadora abriu o jogo sobre o que há por trás das suas fotos no Instagram, desde seu passado como "gordinha" até as sessões de terapia que precisou fazer para "aceitar ser feliz".

Em entrevista ao humorista, a youtuber foi questionada se já havia feito alguma dieta maluca na vida e foi direta: "acho que todo mundo já, quando a gente não tem muita maturidade... Tinha uma época, com 15 ou 16 anos, quando eu descobri que tinha um capuccino light e que um sachê tinha 40 calorias. Eu pensei, ó, descobri a vida! Vou tomar o dia inteiro isso! Tomava uns quatro e bolacha de água e sal por dias, achando que eu era a musa fitness da vida", conta Pugliesi.

Ex-gordinha na infância, Gabriela Pugliesi diz que tentou de tudo para manter a boa forma: "já fui pro vigilantes do peso, já fiz a dieta do ponto, do sangue, da lua... Da p* toda! Eu sou uma pessoa saudável, mas no fundo da minha alma, eu comeria uma pizza agora. Porém, nem sempre foi assim: do 9 aos 13 eu era gordinha mesmo, uma criança gordinha. Nessa época eu comia sorvete no pote, não satisfeita eu abria a lata de leite ninho, comia ela inteira, misturava tudo.

Ao falar sobre a rotina de exercícios e alimentação ao lado do marido, Erasmo Vianna (que pediu a musa fitness em casamento na Grécia), Gabriela conta que cuidado (em comparação ao companheiro) é dobrado: "tem vezes que eu quero matar o Erasmo. Eu tenho ódio. Porque ele come o que ele quer e eu tenho que ficar ali vendo! Eu não posso, é outro corpo, outro metabolismo", contou. "Se eu comer o que ele come eu engordo 30 vezes mais. Eu tenho que me policiar 30 vezes mais que ele e, muitas vezes, eu quero comer uma coisa muito gorda... Mas eu tenho muita força de vontade. Muita!", comemorou.

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade