0

Saiba o destino final dos personagens de 'Velho Chico'

Santo e Tereza ficam juntos e felizes! Confira as emoções que acontecem no fim da trama das nove

21 set 2016
21h41
atualizado em 22/9/2016 às 10h01
  • separator
  • comentários

Apesar de aparecem em cena menos que o previsto por causa da trágica morte de Domingos Montagner, Santo (Domingos Montagner) e Tereza (Camila Pitanga) vão ter um final feliz, no último capítulo da novela "Velho Chico". As últimas cenas gravadas pelo ator serão usadas, assim como recursos de câmera e passagens de tempo, para dar sobrevida do personagem sem seu intérprete. Confira abaixo o destino de outros personagens no fim da trama das nove, que termina no dia 30 de setembro. As informações são da coluna Telinha, do jornal "Extra".

Após uma profunda transformação por dentro e por fora, Afrânio (Antônio Fagundes) decide pagar pelos crimes que cometeu. No último capítulo ele já terá se reconciliado com Iolanda (Christiane Torloni) e diz a ela que precisa dar um rumo à sua vida, em memória de Martim (Lee Taylor). O fazendeiro delata para o Ministério Público tudo que sabe sobre o esquema de fraudes em licitações e desvios de dinheiro público na região do São Francisco. A investigação será chamada "Gaiola Encantado".

O advogado de defesa do Saruê será otimista: "Com essa delação que o senhor está disposto a conceder, podemos negociar o que quisermos!", mas Afrânio rejeita pribilégios. "Vim falar tudo que sei, que fiz e vi... e devolver tudo aquilo que não me pertence, inclusive essa maldita culpa! Vim movido por minha consciência, não por interesse nenhum.. A única dívida que tenho não é com o Estado, é com minha família", ele declara. Com isso, em vez de morrer afogado no São Francisco, o pai de Tereza encontra a redenção e terá o seu "felizes para sempre" ao lado de Iolanda.

Corruptos são presos e Carlos vira comida de urubus

A denúncia de Afrânio causa tensão entre os políticos. Queiroz (Batoré) e Raimundo (Saulo Laranjeira) serão impedidos de fugir por Beatriz (Dira Paes) e Luzia (Lucy Alves), e se trancam na prefeitura. Na tentativa de acabar com as provas contra ele, o prefeito ateia fogo numa lata de lixo e passa a queimar documentos que o incriminam, mas de nada adianta, pois a Polícia Federal invade a sala e os leva para a cadeia, algemados, diante do povo. A professora, que terá sido eleita, pode então assumir a prefeitura da cidade.

Desesperado, Carlos (Marcelo Serrado) junta a maior quantidade de dinheiro que consegue carregar e foge pela caatinga. Porém, a gasolina de seu carro acaba e ele se vê obrigado a seguir a pé. Após muita caminhada, o vilão se arrasta pelo caminho, exausto, e cambaleia. Seu estado é tão crítico que o mau-caráter tem uma alucinação e acha que está vendo água, mas é só terra. Num ato de exasperação, ele joga as notas cédulas para o alto e afirma: "Pago o que for!", mas em seguida perde os sentidos e cai, sem vida. O dinheiro vai sendo levado de suas mãos pelo vento e um bando de urubus começa a voar sobre sua cabeça.

Miguel e Olívia têm um casal de gêmeos e Martim volta no Gaiola Encantado

Com a redução das cenas de Santo dos Anjos, Miguel (Gabriel Leone) assume o protagonismo do último capítulo, se tornando o líder da cooperativa. Com o afastamento de Afrânio e a morte de Carlos, ele resolve dividir as terras da família Sá Ribeiro entre o povo e os índios. No dia do casamento de Tereza e Santo, Olívia (Giullia Buscacio) entra em trabalho de parto e nasce um casal de gêmeos, que vão se chamar Belmiro e Rosa, em homenagem ao marido de Piedade (Zezita Matos) e Capitão Ernesto Rosa (Rodrigo Lombardi), respectivamente. Haverá duas passagens de tempo, uma de seis meses e outra de cinco anos.

Já no fim do capítulo, Miguel fala sobre o progresso de Grotas durante uma entrevista que dá a uma jornalista e depois todos se juntam numa confraternização à beira do Rio São Francisco. Afrânio ouve um apito e vai à margem, onde fica parado algum tempo, entristecido, até a chegada de Tereza e os bisnetos. Na última cena, Martim vai aparecer dentro do Gaiola Encantado, conversando com o capitão do barco fantasma.

"Eu lhe disse doutor, não disse?", diz o barqueiro. "Disse, Eugênio... mas eu não pude acreditar", o jornalista responde. Eugênio (Severino Dacelino) ainda comenta: "Por isso lhe trouxe, que era pro doutor pode ver! Agora vamo seguir viagem...". Em seguida a embarcação apita novamente e vai se afastando da fazenda.

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade