0

Mundial: Fátima Bernardes teve medo de segurar taça em 2002

No 'Encontro' desta quinta-feira, jornalista disse que ficou com medo de que algo acontecesse com a taça do pentacampeonato brasileiro

14 jun 2018
11h34
atualizado às 11h57
  • separator
  • comentários

No dia da abertura da Copa do Mundo da Rússia, Fátima Bernardes recordou no Encontro desta quinta-feira (14) quando cobriu o Mundial de 2002, no Japão e na Coreia do Sul. Na época, a apresentadora chegou a erguer a taça dentro de um ônibus depois que o Brasil superou a Alemanha na final. No matinal, a namorada de Túlio Gadêlha, afirmou que temeu que o país ficasse sem o troféu após levantá-lo ao recebê-lo de Lúcio, zagueiro do time na ocasião. "Diz que só chefe de estado ou jogadores campeões podem erguer. Eu devolvo logo. Vai que dá alguma coisa errada e tiram essa taça do Brasil porque estou segurando isso aqui. Peguei e devolvi rapidinho", explicou, bem-humorada.

Fátima Bernardes contou ter tido receio de fazer Brasil perdesse a taça da Copa do Mundo em 2002
Fátima Bernardes contou ter tido receio de fazer Brasil perdesse a taça da Copa do Mundo em 2002
Foto: Divulgação, TV Globo / PurePeople

'Incrível', relembra Fátima sobre a final

Em outro momento, a jornalista recordou ter assistido do gramado a última partida do Brasil no Mundial que rendeu o pentacampeonato. "A final contra Alemanha, com dois gols do Ronaldo, foi inesquecível. Eu vi do campo e foi incrível", apontou Fátima. Se no Mundial de 2002, a apresentadora foi o grande destaque da cobertura televisiva, esse ano o time de jornalistas é mais extenso e reúne narradoras esportivas.

PurePeople

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade