0

Famosos brasileiros lamentam vitória de Donald Trump

Débora Falabella, Preta Gil e outros artistas usaram suas redes sociais para protestar o resultado das eleições

9 nov 2016
10h21
atualizado às 10h44
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator

Hillary Clinton não venceu Donald Trump, candidato do Partido Republicano, nas eleições à presidência dos Estados Unidos. Além das celebridades internacionais, que pediram votos para sua candidatura, diversos brasileiros também lamentaram a vitória do empresário. "Podemos ir agora? O mundo está perdido! Que horror!", disse Débora Falabella. Letícia Sabatella, hostilizada durante manifestação em Curitiba, afirma que "pior que ele, são os que o apoia".

Em seu perfil, Maíra Charken deixou sua opinião. "O meteoro chegou, gente! E não foi o da paixão não. Foi o do preconceito, da retórica vazia, da ditadura, da guerra, do machismo, da hegemonia branca, hétero e rica. Mais do que nunca precisamos nos unir. Acordemos!", escreveu a repórter, atualmente namorando o treinador de saltos ornamentais Renato Antunes.

Preta Gil também se manifestou. "Que retrocesso, um homem racista, machista, xenófobo, preconceituoso, violento, homofóbico, um grande marqueteiro do mal! Deus nos ajude, porque se lá eles apoiam esse homem e sinal de que a maioria da Sociedade Americana pensam como ele, ou seja 'tamo' lascado, pois isso pode dar força para Lideres políticos com o perfil dele se fortaleçam aqui e no mundo! Triste!", afirmou a cantora, vítima de ataques racistas na web.

Os apresentadores da Globo usaram o twitter e deram declarações sarcásticas à vitória do substituto de Barack Obama. "Trump é o bolo na cereja de um ano político surreal', declarou Marcelo Adnet . "RIP pesquisas", disse Tiago Leifert.

Famosos internacionais lamentam vitória de Trump

Recém-separada de Taylor Kinney, Lady Gaga se pronunciou: "Faça uma oração América! Eu quero viver em um país de bondade onde o ódio de trump vire amor". "A revolução está à caminho. Nós nunca vamos nos calar! Não fique quieto. Não chore. Filme! Nós não somos uma nação que permitirá que o ódio nos conduza", pediu Katy Perry.

Queridinhas do pop, Adriana Grande e Demi Lovato estão abaladas. "Deus abençoe a minha geração de irmãs", escreveu a cantora, que fará uma pausa na carreira em 2017.

(Por Rahabe Barros)

Veja também:

Maiara filma Fernando cozinhando de cueca e se derrete: 'Coisa linda dessa'
PurePeople
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade